Fila do Bolsa Família chega a 2,4 milhões de pessoas; saiba mais

Confira as últimas informações sobre o benefício

0

De acordo com os dados apurados pelo Consórcio Nordeste, chega a 2,4 milhões o número de brasileiros que estão na fila do Bolsa Família. São cidadãos que atendem os requisitos, possuem o direito de ingressar no programa, mas ainda aguardam o benefício.

Fila do Bolsa Família chega a 2,4 milhões de pessoas; saiba mais
Fila do Bolsa Família chega a 2,4 milhões de pessoas – Imagem: Brasil 123

Tratativas para a fila do Bolsa Família

Diante dessa constatação, os governadores dos nove estados do Nordeste enviaram um ofício para o Presidente Jair Bolsonaro e outro para o Ministro da Cidadania, João Roma.

Por meio destes documentos, solicitam reunião para contornar resolver essa situação, visto que, em especial, a região Nordeste representa o maior índice de pessoas em espera.

De acordo com o levantamento realizado, das 2,4 milhões de pessoas que estão na fila do Bolsa Família, cerca de 881 mil são dessa região, o que corresponde a 36% do número total de cidadãos que esperam por uma definição do Governo Federal em relação ao direito deste benefício.

Limite de inscritos no programa

A fila para o benefício é ocasionada pelo fato de que o Palácio do Planalto tem um limite de gastos destinado aos pagamentos do Bolsa Família todos os anos.

E como existem requisitos de elegibilidade, acontece de pessoas saírem e entrarem no programa de forma mais volátil, o que faz a variação dos gastos ser frequente.

Por isso, quando o número de pessoas ultrapassa esse limite de despesas que o Governo pode alcançar, os cidadãos ficam em lista de espera.

Posicionamento do Governo

O Ministério da Cidadania, pasta responsável pelo Bolsa Família, alega que o número de pessoas que recebem o programa está sendo mantido acima dos 14 milhões, representando um patamar maior do que em qualquer época do PT.

A pasta informou ainda que a quantidade de usuários nordestinos que entraram no benefício também apresentou crescimento, com cerca de 600 mil novos beneficiários desde o início de 2021.

A expectativa do governo é que a fila de espera para que esses brasileiros possam ingressar no programa seja encerrada em novembro, ocasião na qual o governo pretende colocar em prática o Auxílio Brasil, novo programa social que virá para substituir o Bolsa Família.

Veja ainda: Crédito Caixa Tem: Saiba como ter acesso ao empréstimo de R$ 1.000 pelo celular

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.