Fila de espera do Auxílio Brasil não está próxima de ser zerada

1,3 milhão de pessoas estão se encontram na fila de espera do Auxílio Brasil

0

A fila de espera do Auxílio Brasil não será zerada nessa rodada de pagamentos do benefício. Cerca de 1,3 milhão de pessoas seguem aguardando para entrar na folha de pagamento do ticket. 

As pessoas nessa fila passaram pelo processo de triagem realizado na base de dados do CadÚnico e já são consideradas aptas ao recebimento do abono. Entretanto, não há espaço no orçamento do Auxílio para a inclusão.

A situação é similar quando se trata do Vale Gás. A fila de espera do benefício também não está próxima de ser zerada. Aliás, a previsão é que neste mês de junho ela tenha aumentado. Os números ainda não foram divulgados. 

No Congresso Nacional está tramitando um projeto que pretende exigir que o Governo Federal inclua cerca de 5 milhões de pessoas que estão na lista de espera de uma só vez neste momento.

Contudo, o projeto só passou pelo Senado Federal, no qual foi aprovado. Quanto à votação na Câmara dos Deputados, ainda não há previsão de quando ocorrerá.

Porque ocorre a fila de espera?

A fila de espera ocorre porque a quantidade de famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica supera o orçamento destinado aos benefícios. E o prazo de espera pela seleção varia devido a uma série de elementos. 

Dessa forma, algumas famílias vão esperar mais do que outras para receberem o Auxílio Brasil e os abonos relacionados. É sugerido que os responsáveis estejam atentos à conta de recebimento do benefício. 

Consulta dos benefícios 

As consultas do Auxílio Brasil e do Vale Gás podem ser feitas sem precisar sair de casa, de forma virtual. Por meio do aplicativo do Auxílio Brasil ou Caixa Tem os cidadãos podem se informar. 

As famílias que não foram selecionadas para receber um ou os dois benefícios ainda podem ter chance de entrar na próxima folha. Não é necessário realizar nenhuma solicitação. Basta esperar a seleção realizada pelo CadÚnico.

Pagamentos da semana

Na próxima sexta-feira (17) o Auxílio Brasil e o Vale Gás serão depositados nas contas dos beneficiários com NIS final 1. O Auxílio será de no mínimo R$ 400, valor determinado em 2022. 

Enquanto o Vale Gás será no valor estimado de R$ 53. O benefício é pago de dois em dois meses e tem seu valor definido pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) que tira a média do valor do gás nos últimos seis meses. 

O cronograma de pagamento do Auxílio Brasil segue a numeração do NIS (Número de Inscrição Social). Então, veja a seguir as datas de pagamento dessa rodada:

  • NIS terminado em 1 – Recebe dia 17 de junho;
  • NIS terminado em 2 – Recebe dia 20 de junho;
  • NIS terminado em 3 – Recebe dia 21 de junho;
  • NIS terminado em 4 – Recebe dia 22 de junho;
  • NIS terminado em 5 – Recebe dia 23 de junho;
  • NIS terminado em 6 – Recebe dia 24 de junho;
  • NIS terminado em 7 – Recebe dia 27 de junho;
  • NIS terminado em 8 – Recebe dia 28 de junho;
  • NIS terminado em 9 – Recebe dia 29 de junho;
  • NIS terminado em 0 – Recebe dia 30 de junho.

O Auxílio Brasil é o programa de transferência de renda destinado a famílias que estão incluídas na faixa de pobreza e extrema pobreza. 

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.