Entenda como a cotação do dólar impacta a sua vida

Alta do dólar eleva os preços de produtos eletrônicos, da gasolina e até mesmo do pão

0

Você pode até pensar que a cotação do dólar não impacta sua vida, pois não faz viagens para o exterior. Pode ignorar a variação da moeda norte-americana, pois vive no Brasil e a moeda daqui é o real. Também pode achar que as altas do dólar não afetam o seu dia a dia. Sinto dizer que você está muito enganado.

Se você acompanha os noticiários da televisão, deve ter percebido que os jornalistas citam todos os dias a cotação do dólar, mesmo que rapidamente. Isso acontece, porque a moeda americana influencia fortemente diversas atividades no Brasil.

Em primeiro lugar, é importante lembrar que boa parte dos produtos consumidos aqui provém do exterior ou possuem alguma relação com produtos importados. Dessa forma, quando a cotação do dólar fica elevada, a inflação do Brasil cresce. E isso ocorre porque os principais índices de inflação do país se baseiam justamente nos preços pagos pelos consumidores e setores econômicos.

Em resumo, quanto mais caro um produto ou serviço estiver, maior o gasto do consumidor para adquiri-lo. Isso quer dizer que a inflação também está mais alta. E não pense que você não tem contato com produtos do exterior, porque até mesmo o pão que você come é influenciado pelo preço do dólar.

Veja como o dólar impacta os preços dos produtos no Brasil

No caso do pão, a sua produção acontece aqui mesmo, no Brasil. No entanto, o trigo, que é essencial para os pães, vem de fora. Isso quer dizer que, quanto mais caro o dólar estiver, mais caro o trigo também estará, pois a cotação dos produtos no mercado internacional ocorre em dólar.

Além disso, diversos outros produtos também sofrem influência direta da moeda americana. É o caso da gasolina, que é definida através de diversos fatores, dentre os quais a cotação do dólar. Inclusive, o valor do petróleo também influencia o preço da gasolina, e o barril de petróleo é cotado em dólar.

Isso sem contar no custo do etanol, cada vez mais elevado, e que precisa estar presente na mistura da gasolina. Em suma, diversos produtores internos aproveitam o dólar mais caro para vender para o mercado internacional. Dessa forma, ganham mais, pois a cotação é em dólar. Em contrapartida, o país precisa importar insumos, que também são mais caros e pesam no seu bolso todos os dias.

Por fim, produtos eletrônicos são produzidos no exterior. Assim, seus valores chegam ao Brasil bem mais elevados, muito por causa dos impostos. Então, se você quiser comprar um celular ou um computador novo, encontrará valores cada vez maiores. Em síntese, o dólar afeta a sua vida quase tanto quanto o real.

Leia Mais: Dólar fecha em queda com mercado à espera dos bancos centrais

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.