Emmanuel Macron: O reeleito presidente francês

0

Chegando ao poder como o presidente mais jovem da história da França em 2017, aos 39 anos, Emmanuel Macron, um ex-banqueiro de investimentos, passou por muitos desafios para liderar seu país, desde manifestações antigovernamentais, pandemia de coronavírus e à guerra Rússia-Ucrânia. Descubra um pouco mais sobre o político francês e suas promessas para o novo mandato, após derrotar sua rival de extrema-direita Marine Le Pen, tornando-o o primeiro presidente francês a conquistar um segundo mandato em duas décadas.

Carreira política 

Emmanuel Jean-Michel Frédéric Macron é um político francês, presidente da França e ex-príncipe de Andorra desde 14 de maio de 2017. Em agosto de 2014, o primeiro-ministro Manuel Valls o nomeou como ministro da Economia e Indústria, nessa qualidade, Macron defendeu uma série de políticas pró-negócios. 

Ele renunciou ao Gabinete em agosto de 2016 para iniciar uma campanha presidencial em 2017. Apesar de ficar para trás nas pesquisas, Macron venceu o primeiro turno sendo eleito presidente da França em 7 de maio de 2017, com 66,1% dos votos, derrotando Marine Le Pen. Aos 39 anos, Macron se tornou o presidente mais jovem da história da França. Além disso, em sua segunda disputa presidencial, segundo o site do Ministério do Interior da França, Macron recebeu 58,5%, com 18,8 milhões de votos, enquanto Le Pen ficou com 41,5%, com 13,3 milhões de votos. 

Vida pessoal de Macron

Brigitte Trogneux, ex-professora do ensino médio de Macron, é sua esposa há 24 anos. Quando seu aluno de 15 anos e sua professora de 39 anos se conheceram no estúdio de teatro que ela presidia, eles não se tornaram um casal até ele ter 18 anos. Ele foi enviado para Paris para terminar o ensino médio, pois seus pais temiam que o relacionamento deles não fosse bom o suficiente. Depois que Macron se formou, o casal se reconectou e se casou em 2007. Muitos dos seus assessores mais próximos afirmam que Troniux ajudou Macron a aprimorar suas habilidades de falar em público durante sua campanha presidencial de 2017.

Patrimônio de Macron

Emmanuel Macron tem um patrimônio líquido estimado em US$ 76 milhões. Presidente do país desde 2017, Macron ganha um salário de até US$ 450.000 por ano. Segundo os números mais recentes, Macron recebeu mais de US$ 90 milhões em doações de indivíduos e empresas. Cerca de US$ 15 milhões vieram do setor de energia como um todo.

Promessas para o novo mandato 

Os principais argumentos de Macron reforçam a continuidade e liderança estável em tempos de crise, especialmente durante a pandemia de coronavírus e em resposta ao aumento da inflação e à guerra na Ucrânia. Segundo o presidente francês, sua posição política não é “nem de esquerda, nem de direita” e que seu plano se baseia em ambos os lados da divisão tradicional.

Em relação à esquerda, Macron propõe diminuir o tempo mínimo de aposentadoria, dar maior atenção aos serviços de saúde, priorizar a igualdade de gênero e combater o assédio nas escolas. Em contrapartida, na direita ele promete mais cortes de impostos para corporações.

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.