Eduardo Bolsonaro apoia destituição da Suprema Corte de El Salvador

Deputado Eduardo Bolsonaro sugeriu que remoção de todos os juízes da Suprema Corte de El Salvador é constitucional e necessária

2

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente da República Jair Bolsonaro apoiou, no último domingo (2), a remoção de todos os juízes da Suprema Corte de El Salvador.

Através de suas redes sociais, o parlamentar afirmou se tratar de um mecanismo constitucional.

A nova assembleia legislativa de El Salvador, que tem maioria governista, aprovou no último dia 2 a destituição dos cinco juízes e do procurador-geral.

Recentemente, esses juristas haviam tomado decisões contrárias ao presidente Nayib Bukele.

Repercussão nas redes sociais

Em publicação realizada através do seu Twitter oficial, Eduardo Bolsonaro replicou uma postagem do presidente de El Salvador e fez uma análise pessoal da atual conjuntura salvadorenha:

O Presidente de El Salvador @nayibbukele acusa a suprema corte de desrespeitar seus decretos sobre a pandemia. No Congresso, onde a maioria recém eleita é governista, a vice presidente pede a destituição de parte dos ministros da suprema corte.

Presidente de El Salvador @nayibbukele tem maioria dos parlamentares em seu apoio. Agora, o Congresso destituiu todos os ministros da suprema corte por interferirem no Executivo, tudo constitucional. Juízes julgam casos, se quiserem ditar políticas que saiam às ruas para se elegerem.

Neste fim de semana, Bukele havia chamado a destituição de “limpeza da casa” ao se dirigir à comunidade internacional:

A nuestros amigos de la Comunidad Internacional: queremos trabajar con ustedes, comerciar, viajar, conocernos y ayudar en lo que podamos. Nuestras puertas están más abiertas que nunca. Pero con todo respeto: Estamos limpiando nuestra casa…Y eso no es de su incumbencia.

Tradução: Aos nossos amigos da comunidade internacional: queremos trabalhar com vocês, negociar, viajar, nos conhecer e ajudar no que pudermos. Nossas portas estão mais abertas do que nunca. Mas com todo o respeito: Estamos limpando nossa casa… E isso não é da conta de vocês.

Organizações da sociedade civil salvadorenha classificaram o ato como um “golpe de Estado”.

A medida em El Salvador também foi questionada por órgãos de defesa dos Direitos Humanos.

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, reagiu à postagem de Eduardo Bolsonaro.

Segundo ele, o comentário do filho do presidente é “muito grave”.

Ameaças veladas contra o Supremo

Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro também fez ameaças veladas ao Supremo Tribunal Federal.

Em outra ocasião, Bolsonaro disse que seria “fácil impor uma ditadura no Brasil“.

Em 15 de abril, após lamentar a decisão do STF que tornou Lula elegível, o presidente Bolsonaro disse saber “onde está o câncer do Brasil”, sem ser claro em relação ao que se referia:

Eu sei onde está o câncer do Brasil, nós temos que ganhar. Se esse câncer for curado, o corpo volta à normalidade.

O comentário também sucedeu a notícia de que a ministra Cármen Lúcia questionou a Câmara dos Deputados sobre a abertura de processo de impeachment contra Bolsonaro.

No último sábado (1º), com o chamado “Eu Autorizo Presidente“, bolsonaristas organizaram atos em diferentes pontos do Brasil em suporte ao governo, que enfrenta críticas pela condução na pandemia do novo coronavírus.

Entre as pautas defendidas estavam ofensas a governadores e a ministros do STF, pedidos de medidas antidemocráticas e críticas às medidas de isolamento social para conter a pandemia.

Veja Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.