Economia brasileira cresce 0,34% em fevereiro, aponta índice do BC

Indicador é considerado a 'prévia' do PIB; no acumulado do primeiro bimestre de 2022, economia do país cresceu 0,4%

0

A atividade econômica do Brasil cresceu 0,34% em fevereiro, na comparação com o mês anterior. Pelo menos é o que aponta o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) do Banco Central (BC), considerado a ‘prévia’ do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

Com isso, o IBC-Br subiu para 139,30 pontos, maior patamar desde dezembro de 2021 (139,85 pontos). Embora tenha avançado no mês, o indicador permanece abaixo do nível de fevereiro de 2020 (139,36 pontos), último mês antes da decretação da pandemia da Covid-19.

A saber, os números passam por um ajuste sazonal para que haja “compensação” em relação aos períodos diferentes. E é assim que o BC realiza este levantamento.

Veja mais detalhes da ‘prévia’ do PIB em fevereiro

De acordo com o BC, o índice acumulou um crescimento de 4,82% nos últimos 12 meses encerrados em fevereiro. Nesse caso, o cálculo aconteceu sem ajuste sazonal. Da mesma forma, sem considerar o ajuste sazonal, o BC revelou que o IBC-Br acumulou alta de 0,44% no primeiro bimestre deste ano.

Por falar nisso, o relatório Focus, publicação do BC que reúne projeções de mais de cem instituições financeiras sobre indicadores econômicos do país, indica que o PIB brasileiro crescerá 0,70% em 2022. As estimativas vêm crescendo há cinco semanas consecutivas, mostrando que as expectativas estão cada vez mais positivas para este ano, apesar de ainda tímidas.

Entenda o indicador do BC

A saber, o IBC-Br é uma ‘prévia’ do PIB. Na verdade, o IBC-Br avalia a evolução da atividade econômica do Brasil e ajuda o Banco Central na tomada de decisões em relação à taxa básica de juros, a Selic.

Com isso, o índice abrange informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos. Assim, o BC contabiliza tudo isso para determinar a prévia do PIB do país, mesmo que não figure como o indicador oficial do país.

Vale destacar que o PIB corresponde à soma de todos os bens e serviços produzidos no país. E é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que divulga os dados oficiais do PIB brasileiro.

Leia Também: Dólar dispara e volta a superar R$ 5; veja como isso afeta sua vida

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.