Aprenda como declarar o seguro desemprego no Imposto de Renda

Você sabe como declarar o seguro desemprego no Imposto de Renda? Então, veja como fazer

0

Muitas pessoas ainda têm dúvida se devem declarar o seguro desemprego no Imposto de Renda 2022. Em geral, apesar dele ser um rendimento não tributável, os contribuintes que receberam mais de R$ 40 mil no ano precisam fazer sua declaração.

No próximo dia 31 de maio encerram os envios do Imposto de Renda 2022, mas é importante que façam o envio o quanto antes. Assim, evitam transtornos como o congestionamento do programa.

A seguir, entenda quando é necessário fazer a declaração do seguro desemprego. Bem como, a maneira que ela deve ser feita.

Declarar o seguro desemprego no imposto de renda 

A princípio, o contribuinte deve saber que, quem recebeu mais de R$ 28.559,70 de rendimentos tributáveis no último ano, deve fazer a declaração do imposto de renda em 2022.

Neste caso, se você se enquadra na situação e tiver recebido o seguro desemprego, deverá fazer a declaração também do benefício.

Como declarar o seguro desemprego no imposto de renda

Se você precisa fazer a declaração do seguro desemprego no imposto de renda 2022, o primeiro passo é abrir a plataforma do IR na internet. Ele está disponível no site do e-CAC ou pelo próprio aplicativo.

Após abrir o sistema, acesse a aba “rendimentos isentos e não tributáveis”, em seguida, clique em novo e por fim o item 26. Depois, no campo CNPJ, digite o que corresponde ao FAT, ou seja, Fundo de Amparo ao Trabalhador.

Por fim, informe no programa do imposto de renda o valor total recebido pelo benefício. Aliás, você pode consultar o saldo no próprio informe de rendimento do seguro desemprego, seja pelo site gov.br ou pela Carteira de Trabalho Digital.

Contrate um especialista

Uma dica para evitar problemas com o imposto de renda é contratar um especialista. Assim, basta informar os dados solicitados que ele será responsável por preencher todos os campos e fazer o envio.

Imposto de renda 2022

Além de saber que deve declarar o seguro desemprego no imposto de renda 2022, saiba mais informações sobre a declaração. O prazo de envio encerra-se já no dia 31 de maio e na próxima semana começarão a ser pagos os lotes de restituição.

Em geral, após a declaração você verá se tem saldo a receber ou a pagar. Ou seja, se vai receber algum valor do IR ou se terá que pagar. Caso seja positivo, em breve receberá na conta indicada.

A restituição é feita em lotes, com preferência de ordem de entrega do imposto, bem como, do perfil do contribuinte. Então, os primeiros a receber são:

  • Idosos acima de 60 anos;
  • Contribuintes que possuem algum tipo de deficiência física ou mental;
  • Pessoas que têm como renda o magistério, ou seja, professores.

Após o público preferencial, a ordem de restituição se dá de acordo com a entrega da declaração. Portanto, quanto antes for feita, melhor para o contribuinte.

Calendário de restituição

Por fim, confira quais as cinco datas para a restituição do imposto de renda 2022:

  • 1º lote em 31 de maio;
  • 2º lote em 30 de junho;
  • 3º lote em 29 de julho;
  • 4º lote em 31 de agosto;
  • 5º lote em 30 de setembro.

Vale destacar que você pode consultar em qual dos lotes receberá pelo aplicativo do imposto de renda.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.