Damares diz que não concorrerá ao Senado pelo Amapá

Segundo Damares, duas situações barraram sua disputa nas eleições deste ano: uma questão jurídica e também um "plano nacional"

0

Cotada para ser candidata ao Senado pelo Amapá, a ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves declarou que não vai participar das eleições neste ano. Caso fosse participasse do pleito, Damares iria disputar a vaga no estado com o ex-presidente do Senado, o senador Davi Alcolumbre (União Brasil), que buscará a reeleição.

Segundo Damares, duas situações barraram sua disputa nas eleições deste ano para o cargo: uma questão jurídica e também um “plano nacional”. “Infelizmente, por uma questão de fragilidade jurídica e por uma decisão de plano nacional, não serei candidata à senadora pelo Amapá”, contou.

De acordo com ela, até o momento, ela não é candidata a nenhum cargo, pois está empenhada em uma jornada que tem como intuito a mudança por todo o Brasil”. Apesar disso, de acordo com informações publicadas pelo portal “Metrópoles” nesta sexta-feira (22), ainda existe a possibilidade de que ela seja candidata ao senado pelo Distrito Federal.

Não suficiente, informou o portal, também existe a possibilidade que Damares não concorra a uma vaga ao Senado, optando por participar das eleições como postulante ao cargo de deputada federal.

damares
Segundo Damares, duas situações barraram sua disputa nas eleições deste ano: uma questão jurídica e também um “plano nacional”. (Foto: reprodução)

Damares fora do governo Bolsonaro

Damares deixou o ministério oficialmente no começo deste mês, quando o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), promoveu uma cerimônia de despedida para os ministros que devem disputar as eleições deste ano.

Na ocasião, ele ainda deu posse aos substitutos. Desde então, quem está comandando o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos é Cristiane Britto. Antes da declaração de Damares, ela havia se filiado ao Republicanos e anunciado que iria anunciar sua candidatura no Amapá, o que acabou não acontecendo

Leia também: Cúpula do PSDB dá sinal verde para Eduardo Leite fechar apoios a candidatura paralela

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.