Bolsonaro fez ‘graça’ e foi ‘estúpido’ ao conceder indulto a Daniel Silveira, diz Lula

Essa foi a primeira vez que Lula comentou sobre a decisão de Bolsonaro de conceder indulto ao deputado Daniel Silveira, condenado pelo STF.

0

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) comentou pela primeira vez sobre a decisão de Jair Bolsonaro (PL) de conceder indulto ao deputado Daniel Silveira (PTB), que foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Para o petista, em entrevista a youtubers, o atual chefe do Executivo fez “graça” e foi “estúpido”.

Assim como publicado pelo Brasil123, Daniel Silveira foi condenado a oito anos e nove meses de prisão, além de ter perdido seu mandato e os direitos políticos, tudo por ter estimulado atos antidemocráticos e ataques a ministros do Supremo e a instituições do Estado, como o próprio STF.

Apesar da pena, no dia seguinte, Bolsonaro, durante uma live na internet, anunciou que iria assinar um decreto perdoando a pena de seu aliado. A decisão, no entanto, não se estende, de acordo com especialistas, à perda de mandato e de direitos políticos.

“Ninguém é obrigado a gostar de mim, mas as pessoas são obrigadas a respeitar aquilo que está acontecendo em benefício de todos no país. Por isso é que eu acho que o Bolsonaro foi estúpido quando fez essa decisão que ele tomou, essa graça que ele fez. Porque ele acha que é graça mesmo, sabe? Não graça no sentido do benefício jurídico, mas a graça do ponto de vista de sorrir”, disse Lula na entrevista.

Na sequência, Lula ainda afirmou que Bolsonaro conseguiu causar a repercussão política que desejava no caso de Daniel Silveira. “Eu acho que ele foi medíocre, apesar de que essa é uma discussão que eu nem comentei nada porque tudo o que ele queria era o que aconteceu”, afirmou o petista.

“Ele abafou o carnaval. Ele fez isso na quinta-feira. Ficou quinta, sexta, sábado, domingo, segunda e terça no auge do noticiário. Porque tudo que ele quer é que permaneça no noticiário, e ele não tem nenhum interesse se é coisa boa ou ruim. Do jeito que ele é, pode ser ruim que ele gosta assim mesmo”, completou o ex-presidente, sem, no entanto, dizer se concorda ou não com a decisão do STF sobre o deputado.

Crise entre o STF e Bolsonaro

Por fim, Lula ainda comentou sobre a crise entre o STF e Bolsonaro, dizendo que o caso não é normal, pois cada um deveria estar cumprindo suas funções sem que as polêmicas recentes estivessem em foco. “Nós estamos com um problema no Brasil que é reconstruir instituições que estavam funcionando. Você acha que é normal a briga entre o presidente e a suprema corte?”, questionou.

“Não é normal, algo está errado. O ministro da suprema corte e o presidente da República não têm que ficar trocando farpas. Ou seja, a suprema corte julga e o presidente governa. É cada um cumprindo a sua função. É isso que nós temos que recuperar para este país”, completou Lula.

Leia também: Bolsonaro perdoou Daniel Silveira pensando em seus filhos, diz jornal

5/5 - (2 votes)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.