Bolsonaro diz que PT não chegará tão cedo ao poder

A declaração do presidente aconteceu enquanto ele estava lendo uma reportagem que afirmava que o PT recebeu R$ 750 mil de doações de donos de planos de saúde

0

Jair Bolsonaro (PL), presidente da República, voltou a disparar contra o Partido dos Trabalhadores (PT). Já em clima de eleição, o chefe do Executivo, durante sua live, transmitida nesta quinta-feira (30), afirmou que a legenda não chegará tão cedo ao poder.

“Esse pessoal que doou para o PT R$ 750 mil, foram poupados na CPI da Covid, ou seja, não foram depor, teve um acordo”, disse Bolsonaro, que na sequência afirmou que essas pessoas sim “maltrataram as pessoas”.

“Renan Calheiros, Omar Aziz, Randolfe Rodrigues. Não quiseram apurar nada no tocante à corrupção, e não foram para cima dos planos de saúde”, disse Bolsonaro, completando que, em sua opinião, o “PT nem chegou ao poder e já está fazendo suas maracutaias”.

“E, agora, como os planos de saúde não foram molestados na CPI, eles contribuíram com R$ 750 mil ao PT. O PT nem chegou ao poder e já está fazendo suas maracutaias aqui. E não vai chegar tão cedo ao poder, com toda a certeza”, continuou Bolsonaro.

A declaração do presidente aconteceu enquanto ele estava lendo uma reportagem que afirmava que o PT recebeu R$ 750 mil de doações de donos de planos de saúde. De acordo com o presidente, essas mesmas empresas teriam sido poupadas pelos senadores citados por ele durante a CPI da Covid-19.

Bolsonaro critica a esquerda

Além de criticar o PT, Bolsonaro também disparou nesta quinta contra a esquerda, dizendo que ela “nunca sairá do poder” caso vença as eleições no pleito deste ano. A declaração foi feita em alusão ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT),  que é de esquerda e deve tentar voltar Palácio do Planalto neste ano.

O comentário de Bolsonaro aconteceu durante uma entrevista dele ao canal americano “Fox News”. Na ocasião, ele disse que, em caso de vitória da esquerda, quem se sairá derrotado são os próprios eleitores.

“Os perdedores serão a população brasileira e a própria esquerda. Os eleitores de esquerda irão perder com isso. Toda a América do Sul será vermelha se é que você me entende e, na minha visão, os Estados Unidos se tornarão um país praticamente isolado no mundo”, afirmou o chefe do Executivo.

Leia também: Mais de 25% do fundo eleitoral do PT será destinado para a campanha de Lula

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.