Bolsonaro confirma aliança com apresentador Datena, da Band

Datena está na liderança das intenções de voto para o Senado em São Paulo, empatado tecnicamente com o ex-governador Márcio França

0

Jair Bolsonaro (PL), presidente da República, afirmou nesta quinta-feira (30) que irá apoiar o apresentador da “Rede Bandeirantes”, José Luiz Datena (PSC), que é pré-candidato ao Senado por São Paulo. “Eu estou com o Datena lá, fechei com o Datena”, disse Bolsonaro.

Segundo presidente, o apoio vem apesar das críticas de aliados, que não gostam muito da ideia de o chefe do Executivo se unir ao apresentador. “está no outro partido e tem críticas, assim como tem gente que critica o Tarcísio, que critica a mim. Não dá para a gente pacificar o negócio”, disse Bolsonaro.

“A única coisa perfeita são esposas e esposos, o resto não tem perfeição”, completou o presidente, que deu a declaração a seus apoiadores, no momento em que chegava no Palácio do Planalto, em Brasília.

Datena entrará em férias da “TV Bandeirantes” nesta sexta-feira (01), dia em que passa a vigorar a lei eleitoral. Neste meio tempo, o programa “Brasil Urgente” será comandado por Joel, que é filho de Datena, que ainda não confirmou, de fato, que será candidato.

Segundo informações do portal “UOL”, internamente, a “Rede Bandeirantes” torce para que Datena desista de ser candidato e permaneça na TV. A expectativa é que, com as férias, o comunicador tenha mais tempo para pensar e deixe de lado o desejo de disputar as eleições.

De acordo com uma pesquisa do Exame/Ideia, publicada no começo deste mês, Datena está na liderança das intenções de voto para o Senado em São Paulo, empatado tecnicamente com o ex-governador Márcio França (PSB).

Datena e as críticas a Bolsonaro

Nos últimos meses, Datena tem criticado Bolsonaro. No passado, por exemplo, ele negou a possibilidade de ser vice de algum candidato à presidência, pois não se identifica com nenhum deles. “Quanto a ser vice do Bolsonaro, é difícil encontrar alguma identificação direta, ele fica toda hora dizendo que não vai ter eleição. Como pode ser vice de alguém que diz que não vai ter eleição?”, disse na ocasião.

Em outra oportunidade, Datena disse que, apesar de ter apoiado Bolsonaro, não votou no presidente. Além disso, ele afirmou que o último candidato que recebeu seu voto foi o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Apoiei o Bolsonaro é o cacete. Eu simplesmente o entrevistei”, declarou, que na sequência disse que Lula foi a última pessoa agraciada com o voto dele.

Leia também: Arthur do Val apanha de ex-deputado em Londrina; veja o vídeo

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.