AUXÍLIO BRASIL: 54% dos beneficiários acham VALOR DE R$ 600 insuficiente

Aumento não é considerado medida efetiva por grande parte dos beneficiários

0

Uma pesquisa Datafolha foi divulgada pelo site do jornal Folha de S. Paulo, na qual observa-se que mais da metade dos beneficiários do Auxílio Brasil considera o novo valor de R$ 600 insuficiente.

Para quem não acompanhou, o piso do programa social foi ampliado em R$ 200 pelo Congresso, mas terá data de validade, isto é, será aplicado entre agosto e dezembro deste ano.

AUXÍLIO BRASIL: 54% dos beneficiários acham VALOR DE R$ 600 insuficiente
Foto: Reprodução

Opinião dos beneficiários do Auxílio Brasil

De acordo com o Instituto, entre os que recebem efetivamente o benefício, 54% consideram o valor insuficiente, 38% classificam como suficiente e 8% como mais que suficiente.

Já no eleitorado geral, 56% consideram o valor insuficiente, enquanto 36% dizem que é suficiente e 7% afirmam que o montante é mais que suficiente.

Vale destacar que a parcela da pesquisa foi de 2.566 eleitores, nos dias 27 e 28 de julho, em 183 cidades brasileiras.

Lembrando que a margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

Descontentamento diminuiu

Como comparativo, em uma pesquisa realizada em maio, em que os entrevistados foram perguntados sobre o valor do benefício, sendo que na ocasião, o repasse mínimo era de R$ 400, 69% dos beneficiários afirmaram que o valor era insuficiente, 29% disseram que era suficiente e 2% afirmaram que era mais que suficiente.

Progressão no valor do Auxílio Brasil

Para traçar uma linha do tempo com os valores do programa social, cabe lembrar que em novembro de 2021, quando o Auxílio Brasil foi colocado em execução, o valor médio repassado foi de R$ 217.

Já a partir de dezembro de 2021, por conta da medida do Benefício Extraordinário, instituída pelo Governo Federal, o valor mínimo ficou em R$ 400.

Em maio deste ano, o presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei nº 14.342, que torna o piso de R$ 400 uma regra permanente para o Programa Auxílio Brasil.

E no mês passado, foi promulgada a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), que viabiliza, entre outras medidas, o aumento do Auxílio Brasil para R$ 600, entre os meses de agosto a dezembro de 2022.

Por fim, cabe mencionar que uma parcela considerável da população considera o aumento do Auxílio Brasil, uma medida eleitoreira.

Veja ainda: CENSO 2022 já começou! Saiba como identificar os funcionários

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.