Alpargatas, dona da Havaianas, tem lucro de R$ 107,5 milhões no 2º trimestre

Lucro disparou 98% na comparação com o mesmo período de 2020; já a receita da Alpargatas saltou 71,4%, para R$ 1,09 bilhão

0

A Alpargatas, dona das marcas Havaianas e Osklen, encerrou o segundo trimestre deste ano com um resultado bastante expressivo. A saber, a companhia registrou um lucro líquido de R$ 107,5 milhões no período. Isso representa um salto de 98% na comparação com o mesmo período de 2020.

Em resumo, o que motivou o forte resultado foi o bom desempenho operacional da Alpargatas no trimestre. Com isso, a receita da companhia cresceu 71,4%, para R$ 1,09 bilhão. Vale destacar que o segundo trimestre de 2020 é uma base de comparação bastante fraca, visto que representava o início da pandemia da Covid-19.

A propósito, a crise sanitária, decretada em março do ano passado, afetou diversas atividades econômicas em todo o planeta. Atualmente, o que mais preocupa os mercado é a variante Delta, que é 50% mais transmissível que a cepa predominante em 2020. Aliás, a Delta vem elevando o número de casos e mortes ao redor do mundo nas últimas semanas.

Devido às dificuldades enfrentadas no ano passado, a Alpargatas também revelou o resultado da comparação com o segundo trimestre de 2019, quando não havia pandemia. Nesse caso, a receita da companhia também cresceu (29%), mostrando que a empresa realmente conquistou um ótimo resultado entre abril e junho deste ano.

Confira mais detalhes do desempenho da Alpargatas no trimestre

Segundo a Alpargatas, o Ebitda, que representa os lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização, recorrente totalizou R$ 197 milhões no período. Isso corresponde a uma disparada de 163% na comparação com o mesmo trimestre de 2020. A saber, Ebitda recorrente inclui apenas alguns fatores constantes da operação.

De acordo com o presidente da Alpargatas, Roberto Funari, a expectativa é que o resultado de 2021 supere o de 2019. Isso deve acontecer graças à demanda aquecida tanto no Brasil quanto no exterior. Contudo, Funari afirma que os resultados devem ser menos expressivos que os registrados no segundo trimestre.

Por fim, a Alpargatas revelou que a receita gerada pela Havaianas, principal marca da companhia, saltou 72%, para R$ 520 milhões. Em suma, houve 46,9 mil pares vendidos no período, crescimento de 54,9% no comparativo anual. Já no exterior, a receita gerada totalizou R$ 516,4 milhões, forte alta de 63%. Nesse caso, o volume de pares cresceu 73,7%, somando 11,2 mil pares comercializados no trimestre.

Leia Mais: Estrangeiros retiram mais de R$ 6 bilhões da bolsa brasileira em julho

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.