Você sabe o que é espondilite anquilosante?

0

Você sente dor nas costas com frequência? E por acaso já teve vermelhidão nos olhos, inchaço nas juntas, diarreias ou cólicas sem motivo aparente? Saiba que estes podem ser sintomas da espondilite anquilosante. A princípio, ela é uma inflamação que pode atingir as vértebras da coluna e as articulações que ficam na região das nádegas.

Em outras palavras, a espondilite anquilosante é uma doença inflamatória crônica, sistêmica e autoimune que ocorre principalmente nas vértebras da coluna e nas articulações da região do “bumbum” (articulações sacro-ilicas). Em alguns casos, após a fase ativa das inflamação ocorre a fusão das vértebras causando assim a perda do movimento da articulação entre as vértebras.

Nesse sentido, essa fusão se nomeia anquilose. Quanto mais demorar o diagnóstico e tratamento, pior pode ser o quadro. A pessoa pode ficar com a coluna curvada, ter dificuldade par respirar e se movimentar.

Sintomas espondilite anquilosante

O ciclo de processos inflamatórios gera restrição da mobilidade e surgimento de dores que pioram com o repouso e melhoram com o movimento. Outros sintomas são:

  • Dores na coluna (principalmente na região lombar);
  • Dores no “bumbum” descendo para a parte de trás das coxas;
  • Rigidez matinal;
  • Cansaço (devido a inflamação atacar a coluna e articulações – sensação semelhante as dores de uma gripe);
  • Dor no peito e ao redor das costelas (devido a inflamação das articulações entre as costelas;
  • Com o tempo a inflamação pode atingir outras articulações causando dores nos ombros, joelhos, calcanhar, parte de baixo dos pés.

Portanto, não convivam com a dor na coluna sem buscar ajuda médica. Existem milhares de causas para o seu desconforto e quanto antes descobrir, melhor será a sua resposta às terapias.

Quem já sentiu a coluna reclamar e buscou ajuda? E quem pretende fazer isso o quanto antes? Enfim, aproveita e compartilha com os amigos para que todos se cuidem!

Por fim, veja também: Como evitar dor na coluna sendo mãe de bebê?

Veja Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.