Produção nacional de óleo e gás cai levemente em setembro

Queda é puxada pelo gás natural, cuja produção caiu 2,4% em relação a agosto; já produção de petróleo cresceu 0,1%

0

A produção nacional de petróleo cresceu 3,3% em setembro, na comparação com o mesmo período do ano passado. A saber, os dados fazem parte do levantamento realizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que divulgou as informações nesta quinta-feira (22).

De acordo com o levantamento, a produção de petróleo no país atingiu a marca de 3 milhões de barris por dia. Esse volume também superou o nível observado em agosto deste ano (2,997 milhões de barris por dia), mas apenas em 0,1%.

Vale lembrar que a pandemia da Covid-19 afetou o setor no ano passado. Mesmo assim, a produção de petróleo de 2020 ficou 5,7% maior que a registrada em 2019. Isso aconteceu, porque, apesar de todos os problemas gerados pela crise sanitária, a demanda por petróleo e seus derivados continuou bastante elevada no ano passado.

Produção nacional de óleo e gás cai no mês

A ANP também informou o valor da produção de gás natural chegou a 133,3 milhões metros cúbicos por dia (m3/dia). Esse montante representa um crescimento de 6,4% em relação a setembro de 2020. Contudo, a produção ficou 2,4% menor que a registrada em agosto (137 m3/dia).

Dessa forma, o valor total da produção nacional de petróleo e gás natural chegou a 3,839 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/dia) em setembro. Esse valor ficou 0,44% menor que o observado no mês anterior (3,856 milhões de barris).

A ANP revelou que a produção dos campos localizados no pré-sal concentrou 72% do volume total em setembro. A saber, a produção acumulada no pré-sal, desde a descoberta de Tupi em abril de 2009, chega a 5,02 bilhões de barris de óleo equivalente. Esse montante supera toda a produção acumulada em campos terrestres desde 1941 (4,96 bilhões de barris óleo equivalente).

Isso mostra o quanto o pré-sal vem produzindo petróleo no país. Aliás, a produção no pré-sal bateu um novo recorde em setembro. E o principal responsável por isso é o campo de Tupi (antigo Lula), cuja produção passou de 922 mil boe/dia em agosto para 1,22 milhão boe/dia.

Por fim, a Petrobras também manteve a liderança na produção nacional de petróleo e gás natural. Nesse caso, os campos operados pela estatal produziram mais de 92% do volume total de petróleo e gás natural do país em setembro.

Leia Mais: Guedes afirma que prioridade do governo é a questão social

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.