Polícia apreende mais de 36 toneladas de maconha em MS

A carga com a maconha estava escondida em uma fina camada de soja em uma carreta do tipo bitrem. A carreta, foi parada durante fiscalização de rotina

0

Uma operação envolvendo a Polícia Militar Rodoviária (PMR) e o Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) culminou em uma grande apreensão de maconha na tarde de ontem, sábado (10), em Deodápolis, no Mato Grosso do Sul. Por lá, os militares acreditam ter feito uma das maiores apreensões do entorpecente no país em 2021.

Ao todo, informou a PMR, foram cerca de 36.5 toneladas de maconha, que estava escondida em uma fina camada de soja em uma carreta do tipo bitrem. Em nota, a corporação informou que a carreta, que tem placas o Paraná, foi parada durante fiscalização de rotina.

Durante a abordagem, um motorista, de 32 anos, confessou o crime e disse ser morador de Nova Andradina, cidade próxima a Deodápolis. Ainda conforme ele, que foi preso em flagrante, a droga havia sido pega na região de fronteira com o Paraguai.

“A carga de maconha foi colocada com dois metros de profundidade das duas caçambas e a soja despejada em cima, supostamente para uma tentativa de disfarçar o cheiro”, explicou a entidade, que ainda contou que o motorista disse que o destino da maconha seria São Paulo. Tanto a droga, quanto o condutor foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Deodápolis.

A carga com a maconha estava escondida em uma fina camada de soja em uma carreta do tipo bitrem. A carreta, foi parada durante fiscalização de rotina.
A carga com a maconha estava escondida em uma fina camada de soja em uma carreta do tipo bitrem. A carreta, foi parada durante fiscalização de rotina.

Mais drogas

Outro caso de apreensão de drogas no Mato Grosso do sul foi registrada neste domingo (11), em Água Clara. Por lá. agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreenderam 31,5 quilos de pasta base de cocaína.

Segundo a corporação, a droga foi localizada em um compartimento oculto no painel de um veículo, que era ocupado por um homem e uma mulher, abordado por policiais rodoviários federais no km 141 da BR 262.

“O casal demonstrou nervosismo com a abordagem, o que gerou desconfiança dos policiais”, relatou a PRF, que contou que o motorista afirmou ter pego o veículo carregado com a droga em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul  e o levaria até Uberaba, Minas Gerais, pela quantia de dez mil reais.

A passageira negou saber da existência do ilícito. Todavia, os dois envolvidos foram presos e encaminhados para a Polícia Civil de Água Clara.

Leia também: Crianças são abandonadas pela mãe que tentava esconder quase 50 quilos de maconha

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.