Pare de fumar: veja o que você deve fazer se quiser largar o vício

Veja aqui dicas para começar o processo de desapego ao cigarro!

0

O cigarro é uma ferramenta tão potente para acalmar, quanto faz mal à saúde. E, como existem alternativas mais saudáveis de controlar ansiedade, estresse, depressão, dentre outros transtornos, o cigarro está longe de ser a melhor opção! Então, pare de fumar e busque alternativas mais saudáveis! É um processo que não é fácil, mas vale muito a pena no final. Veja essas dicas de como começar!

Hábitos saudáveis que todo mundo deveria adotar na sua rotina diária

Motivação

Defina, para você mesmo, o motivo que te faz querer parar de fumar. Pode ser um, ou vários, o importante é que fique clara a sua motivação para largar o cigarro e o vício. Se você quiser, anote-as. E sempre que pensar em desistir, lembre-se dos motivos que te levaram a começar. Uma pessoa motivada tende a se manter na decisão tomada, porque tem algo maior que a impulsiona e que faz bem a ela, mais do que o cigarro.

A nicotina

O vício causado pelo cigarro advém da substância que contém nele, a nicotina. Por isso, o seu corpo pode sentir falta ao não receber a substância através do fumo. Dessa forma, substitua a nicotina, utilizando chicletes, adesivos ou comprimidos que contém a substância. Isso pode não reduzir por completo a sua vontade de fumar, mas, com certeza, irá ajudar bastante.

Evite o cigarro

Evite ficar perto das pessoas quando elas estão fumando, uma vez que isso, naturalmente, te fará querer fumar também. Se livre dos cigarros que tiver ainda disponíveis, porque alguma hora você vai querer apelar para eles. Tê-los do seu lado é muito mais fácil que sair para comprar e, nesse tempo, você pode se acalmar e desistir da recaída.

Insônia: quais são as suas causas e como você pode dormir melhor

Evite os itens relacionados ao cigarro

Evite tudo que te leva a pensar no cigarro como opção. Se seus isqueiros são usados apenas para acender o cigarro, jogue-os fora. Se você tem cinzeiros perto da janela, ou outros lugares da casa, jogue-os fora também. Não facilite o ato de fumar para você mesmo. Dificulte-o o máximo que puder!

Conte para as pessoas

Conte para todo mundo que você está parando de fumar! Quando contamos os nossos planos, nos obrigamos a cumpri-los. Isso porque tendemos a evitar que nossa palavra seja descumprida. Além disso, não queremos parecer incapazes perante as pessoas, o que nos faz resistir por mais tempo, para alcançar o que foi dito.

Faça terapia

O ato de fumar está, na verdade, mascarando alguma coisa, algum sentimento consciente ou inconsciente dentro de você. Além disso, é muito difícil abandonar velhos hábitos e criar novos. Esses problemas podem ser resolvidos em terapia, que é um ambiente no qual você terá que lidar com seus sentimentos. Além disso, a terapia ajuda na adaptação a novas situações e pode te ajudar a sentir menos necessidade do cigarro.

Procure um médico

Por fim, a última dica é procurar por um médico, de preferência um psiquiatra, para avaliar o seu caso. Há remédios que podem ser usados no controle de vícios, e os quais você pode parar de tomar depois, sem maiores transtornos. Se for o caso, um especialista vai te indicar um desses.

Depressão: veja aqui o que é, quais são os seus sintomas e tratamento

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.