Novo auxílio municipal foi anunciado com valor de R$ 750; saiba onde

Confira as informações sobre o benefício

0

O prefeito de Petrolina (PE), Miguel Coelho (MDB), anunciou que cerca de 2.300 famílias de baixa renda receberão um auxílio emergencial de R$ 750,00 para ajudar no custeio de suas casas. O benefício foi divulgado ao vivo nas redes sociais.

O programa terá investimento total de R$ 1,7 milhão, contribuindo, portanto, no orçamento de mais de 6.500 pessoas na principal cidade do sertão.

O programa, nomeado por ‘Petrolina Bem’ vai atender a dois públicos vulneráveis: as famílias de baixa renda que vivem com até meio salário mínimo, e aqueles que tiveram alguém da família falecido por covid-19. O auxílio petrolinense para os “órfãos da pandemia” é o primeiro financiado por uma prefeitura no Brasil.

Além disso, atualmente são cerca de 2.200 núcleos familiares em extrema pobreza que estão na fila de espera para receber o recurso federal. Nesta categoria atenderá as famílias com crianças de zero a cinco anos de idade.

“É um grande esforço para uma prefeitura custear esse auxílio emergencial, tanto que somos a primeira a fazer isso. Mas estamos orgulhosos de poder dar algum suporte para esse público que sofreu tanto com a perda de familiares para uma pandemia impiedosa e para outras milhares de pessoas que convivem com a extrema pobreza”, destacou o prefeito.

Miguel Coelho ainda comenta sobre o uso do valor concedido: “Esse auxílio não tem nenhum tipo de restrição da aplicação desse recurso. Quem vai escolher como gastar esse dinheiro é a família, que sabe qual é a maior necessidade no momento”.

Como realizar a inscrição

O cadastro no auxílio emergencial municipal será dividido em dois grupos. Assim, as famílias que perderam parentes para a Covid-19, devem realizar a inscrição no site da prefeitura, e teve prazo aberto a partir desta terça-feira (6). O grupo de famílias em situação de extrema pobreza já estão inscritos no Cadastro Único e receberão o cartão do benefício automaticamente em casa.

Pagamento

O programa prevê a entrega de cartões com os nomes dos beneficiários, até o fim do mês de julho e espera-se o pagamento da primeira parcela para o início de agosto. O benefício será pago em três parcelas de R$ 250,00, indo, portanto, até outubro.

Veja também: Auxílio Emergencial: Saque não está liberado hoje para nenhum grupo; veja o calendário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.