Limite do Pix: o que é e como alterar?

1

Uma pesquisa do C6 BankÁtomos: o programa de pontos do C6 Bank/Ipec afirma que cerca de 70% dos brasileiros sabem que o PIX possibilita que os usuários definam um valor máximo para transações. Contudo, 47% dos usuários ainda não configurou este limite. O dado preocupa porque o limite do PIX é uma das principais travas de segurança das transações. A dica é ajustar conforme a sua rotina diária.

Por isso, hoje vamos falar sobre o limite do PIX. Entender o que é essa ferramenta, a importância dela e, claro, como ajustar o seu limite diário. Vale lembrar que todos os bancos devem fornecer meios acessíveis para a alteração desses valores.

O que é o limite do PIX?

Quando o Banco Central lançou o novo meio de pagamentos, diversos golpes começaram a surgir na internet. Com isso, a demanda por travas de segurança cresceu e, atualmente, existem diversos sistemas que cuidam dessa transação. Contudo, uma das travas mais importantes é o ajuste do valor diário, que limita o valor que você envia e recebe diariamente.

De forma geral, o limite do PIX diário é de R$10 mil para todas as pessoas. Essa padronização permite que qualquer pessoa envie e receba valores consideráveis durante o dia, principalmente na época de pagamento de contas e, no caso das empresas, quando precisa pagar funcionários e despesas gerais. Diante disso, os cidadãos também precisam cuidar dessa trava de segurança, que evita golpes e, principalmente, impede que invasores digitais roubem valores da sua conta rapidamente.

Por isso, é preciso ficar atento ao limite do PIX na conta do seu banco. Isso porque ele não pode mostrar alterações, exceto quando você solicitar isso. Em casos de limites divergentes, o ideal é entrar em contato com o banco e tomar as medidas de segurança.

Como ajustar o valor?

Uma norma do Banco Central prevê que todos os bancos devem disponibilizar, de forma fácil, o ajuste dos valores diários das transações. Por isso, você pode ajustar o limite do PIX através do aplicativo do seu banco. Para isso, é preciso seguir as dicas de especialistas e entender como funciona esse processo de troca.

Especialistas dizem que o cidadão precisa ajustar o limite do PIX de acordo com seu uso diário. Dessa forma, se você não transfere muito, você pode colocar valores mais baixos. Contudo, se você costuma usar o PIX com mais frequência, a dica é deixar valores mais altos, mas que não extrapolem muito o uso diário.

Além disso, o valor do limite do PIX não ajusta na hora. Após solicitar a mudança, o banco tem até 24 horas para colocar em funcionamento o novo limite. Cada nova troca seguirá o mesmo prazo. Com isso, você não pode trocar o limite e, logo após, fazer a transação. Ainda, o limite varia a depender da hora do dia. Das 6h às 19h59, o limite é diferente do limite das transferências que ocorrem entre 20h e 5h59 do dia seguinte. Por lei, durante a madrugada o valor máximo de PIX é de R$1.000.

5/5 - (1 vote)
1 comentário
  1. Antonio hermes aciole Diz

    Como funciona

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.