Gastos de brasileiros no exterior somam US$ 531 milhões em outubro

Esse é o quinto mês consecutivo de gastos acima dos US$ 400 milhões; já gastos de estrangeiros no Brasil totalizaram US$ 266 milhões no mês

0

Os gastos de brasileiros no exterior saltaram 87% em outubro deste ano na comparação com o mesmo mês de 2020. A saber, os brasileiros gastaram US$ 531 milhões em viagens internacionais no mês passado, contra US$ 284 milhões no mesmo mês de 2020.

Em resumo, o que explica esse resultado expressivo é a fraca base comparativa. Isso porque a pandemia da Covid-19 reduziu drasticamente a ida de brasileiros ao exterior devido ao fechamento das fronteiras de diversos países. Dessa forma, houve uma forte redução dos gastos realizados em outros países pelos brasileiros.

Da mesma forma que o valor superou o montate registrado em outubro de 2020, os gastos também superaram o nível registrado em setembro deste ano, que atingiu US$ 474 milhões. O crescimento foi bem menos intenso, de 12%, mas indica uma melhora gradativa das viagens internacionais no planeta.

Com o resultado de outubro, os gastos dos brasileiros no exterior passam a totalizar US$ 3,847 bilhões nos dez primeiros meses do ano. O valor ficou 18% menor que o registrado no mesmo período de 2020 (US$ 4,695 bilhões), mesmo com os brasileiros gastando 69,3% menos nas viagens internacionais em 2020 do que em 2019.

Embora a pandemia tenha sido decretada em março do ano passado, os impactos são sentido até hoje. Em 2021, diversos países enfrentaram novas ondas de contaminação e mortes provocadas pela Covid-19. Por isso que o resultado deste ano é ainda menos expressivo que o do ano passado.

Gastos de estrangeiros no Brasil também crescem

Por sua vez, os gastos de estrangeiros no Brasil somaram US$ 266 milhões em outubro, uma disparada de 46,96% na comparação com o mesmo mês de 2020 (US$ 181 milhões). Já em relação a setembro deste ano, o avanço foi bem menor, de 12,71% (US$ 366 milhões).

Assim como ocorreu com os gastos de brasileiros no exterior, o turismo de estrangeiros no país também vem crescendo com o avanço da vacinação contra a Covid-19 no planeta. Aliás, nos dez primeiros meses de 2021, os gastos de estrangeiros no país totalizaram US$ 2,256 bilhões.

Com isso, a conta de viagens do país registrou um déficit de US$ 265 milhões em outubro deste ano. A saber, o déficit havia ficado em US$ 103 milhões no mesmo mês do ano passado. Em suma, essa equação subtrai os gastos de brasileiros no exterior pelos gastos de estrangeiros no Brasil.

Por fim, o BC projeta que o país encerrará este ano com um déficit de viagens de US$ 2 bilhões, segundo o Relatório Trimestral de Inflação (RTI).

Leia Mais: Rombo nas contas externas do Brasil crescem em outubro

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.