Fundos multimercado: o que são e como escolher

Descubra o que são os fundos multimercado e veja dicas para escolher corretamente

0

Saiba que os fundos multimercado são eficazes para diversificar a sua carteira de investimentos. Mas, o que são fundos multimercados? Como escolher o melhor fundo multimercado? Estas são as perguntas que pretendemos responder aqui no Brasil 123.

O que são fundos multimercados?

Os fundos multimercados recebem este nome pois favorecem que sejam feitos investimentos em diferentes mercados ao mesmo tempo. Fazem parte deste fundo, ativos de renda fixa, renda variável, câmbio, commodities e mercados internacionais.

Estes fundos produzem liberdade e são muito eficientes com a possibilidade de se adaptar às transformações dos mercados financeiros, e é acessível para qualquer perfil de investidor.

Como escolher os melhores?

Para escolher o melhor fundo multimercado, é preciso que o investidor avalie de forma eficiente os seguintes pontos:

Conhecer o tipo de gestor do fundo e sua estratégia

Cada fundo multimercado pressupõe um tipo de investimento, e desta forma, é importante que o investidor saiba como este ativo pode ajudar a complementar a carteira de investimentos do investidor.
Você precisa também considerar qual o percentual de alocação deste tipo de fundo, que deve estar de acordo com o seu perfil de investidor.

Investimento mínimo necessário 

Considere os valores de investimento iniciais para cada fundo multimercado antes de decidir pelo investimento. Escolha um fundo que esteja de acordo com o seu patrimônio e que não comprometa os seus objetivos de investimento.

Avalie a volatilidade do investimento

Sabe-se que a volatilidade de um investimento é a variação de que o retorno do investimento seja possível. Assim, a volatilidade pode ser baixa, média ou alta, dependendo da variação do mercado financeiro e do tempo de investimento. Afinal, quanto maior for a volatilidade do investimento, maior é o risco do ativo. Mas, quanto maior é o risco, maior tende a ser o retorno do investimento.

Analise a história do fundo 

Percebendo a história do de volatilidade do fundo multimercado é possível avaliar o seu comportamento no futuro. Você perceberá que quanto maior o tempo, menor será a sua volatilidade e maior será a sua rentabilidade.

Os fundos multimercado são eficazes para diversificar a sua carteira de investimentos - Reprodução AdobeStock
Os fundos multimercado são eficazes para diversificar a sua carteira de investimentos – Reprodução AdobeStock

Avalie as taxas e impostos incidentes sobre a aplicação

Sendo assim, é preciso que o investidor faça uma análise dos valores que incidirão sobre seus rendimentos. Entre eles: saída, distribuição, custódia, taxa de administração e taxa de performance. Além dessas taxas mencionadas, ainda existe o chamado come-cotas, que é uma antecipação do imposto que ocorre por parte do governo sobre os investimentos em fundos multimercados.

O come-cotas absorve uma parcela das cotas que significam a rentabilidade do fundo no semestre.
Assim, o come-cotas envolve duas alíquotas sobre estes fundos:

  • Fundos de curto prazo: 20%
  • Fundos a longo prazo: 15%

O come-cotas é cobrado em maio e novembro sobre a lucratividade, assim, se não houver lucro, não ocorrerá a cobrança. Ao realizar o resgate dos fundos multimercados, o investidor pagará o come-cotas dentro da alíquota estipulada.

Sendo assim, o fundo multimercados, apesar da incidência de juros, taxas e o come-cotas, ainda se torna um bom investimento a ser realizado.
Mas preste atenção aos cuidados que você deve ter antes da aquisição.

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.