Entenda a importância da economia circular

0

O século XXI tem sido bastante marcado pela forma como exploramos os recursos do meio ambiente. Passamos a entender que tais recursos são finitos e que o aumento da exploração irá acelerar um processo de degradação do meio ambiente que afetará principalmente os seres humanos.

Mediante a isso, o mercado tem voltado os olhos para um desenvolvimento industrial mais sustentável, onde todo o processo produtivo é pensado na menor degradação possível do meio ambiente. Com isso, nasceu um importante conceito, que vem ditando novos negócios nos tempos atuais, a economia circular.

O que é?

A economia circular é um conceito que visa a redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia. Ela substitui o conceito tradicional da economia linear, chamado de “fim-de-vida”. Na economia circular, como o nome bem diz, os fluxos de reutilização, restauração e renovação são circulares.

Com isso, ela busca aperfeiçoar o atual sistema econômico, buscando também um novo relacionamento com os recursos naturais e a sua utilização por toda a sociedade. Dessa forma, a economia circular permite uma gestão mais eficiente dos recursos naturais, mantendo produtos, componentes e materiais em seu mais alto nível de utilidade pelo maior tempo possível.

Benefícios da economia circular

Muitos podem acreditar que qualquer conceito que trate sobre sustentabilidade é algo adicional e não prioritário. Contudo, não é o que os números indicam. De acordo com dados da Organização Internacional do Trabalho, há uma estimativa apontando que a economia circular pode gerar cerca de 4,8 milhões de empregos na América Latina e no Caribe.

Em suma, essa capacidade de geração de emprego significa em geração de renda e movimentação da economia de um país. Atualmente, o Brasil possui 10% do mercado mundial de economia verde, sendo assim, possui grande potencial de ser um dos líderes de geração de emprego e renda voltado para este mercado.

Isso se deve pelo fato da economia circular ser capaz de gerar novos modelos de negócios através da manutenção do valor de produtos e materiais pelo maior tempo possível no ciclo econômico

Posição do Brasil neste mercado

De acordo com dados divulgados pela Confederação Nacional da Indústria em 2019, cerca de 76% das empresas brasileiras já devolvem algum tipo de iniciativa relacionada à economia circular. Entre as iniciativas, estão inclusas práticas sobre reuso de água, reciclagem de materiais e logística reversa.

Ainda, de acordo com a pesquisa, mais de 88% dos empresários entendem que a economia circular é de fundamental importância para a indústria brasileira, visto que suas práticas têm capacidade de contribuir para a geração de empregos na própria empresa, cadeira produtiva ou no setor.

Atualmente, o Brasil possui uma lei voltada para a economia circular, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Ela define a forma como o país lida com o lixo gerado, exigindo dos setores a transparência no gerenciamento de seus resíduos. Dessa forma, todos os envolvidos no processo produtivo são responsáveis pela diminuição dos resíduos sólidos bem como a adoção de práticas sustentáveis ao longo de toda a cadeia de produção.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.