Democratas devem controlar Senado nos EUA, dizem projeções

Em noite desastrosa para os republicanos, as prováveis derrotas devem dar para Joe Biden o poder no Senado do país

2

Os democratas precisavam vencer as duas disputas para o Senado na Geórgia para tomar o controle do poder na casa. Até aqui, as projeções mostram que o Partido vai conseguir a façanha. É portanto uma péssima notícia para o Partido Republicano.

De acordo com projeções dos principais veículos de imprensa, o reverendo Raphael Warnock venceu a republicana Kelly Loeffer. Com 98% das urnas apuradas, o democrata tem cerca de 53 mil votos de frente para a sua adversária.

Com isso, Warnock se torna o primeiro senador negro da história da Geórgia. Trata-se de um momento histórico principalmente porque estamos falando de um estado com uma larga história de segregação racial. O reverendo foi preso duas vezes por liderar protestos sociais.

A outra disputa está ainda mais apertada. Mas a tendência é que o democrata Jon Ossoff vença o republicano David Perdue. A apuração também está batendo os 98% da urnas. Por lá, a diferença entre os dois é de pouco mais de 16 mil votos.

Alguns veículos de imprensa como o Decision Desk já projetam a vitória do democrata. Seja como for, veículos como CNN, New York Times e AP ainda estão esperando mais um pouco para saber se esse final de apuração reserva alguma surpresa.

Senado dos EUA

O que esses resultados significam? Com as duas prováveis vitórias aqui, os democratas conseguirão empatar o Senado por um placar de 50 a 50. Mas na prática isso significa uma maioria porque a vice-presidente Kamala Harris terá o poder de minerva.

Assim, sempre que um projeto polêmico acabar com a votação de 50 a 50, os democratas terão o poder de decidir o resultado final. É certo que não estamos falando de uma maioria folgada, mas é a única maioria que os democratas poderiam conseguir. E até agora estão conseguindo.

Leia Também:

2 Comentários
  1. […] venceu a republicana Kelly Loeffer e pavimentou o caminho para que os democratas tenham o controle do Senado. Para isso, no entanto, os democratas precisam vencer a outra disputa em […]

  2. […] Segundo Biden, o salário mínimo no país passaria a ser de US$15 por hora. Para isso ele teria que ter o apoio da Câmara e do Senado. Mas o fato é que ele tem. Os democratas terão a maioria nas duas casas pelo menos pelos próximos dois anos. […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.