Como investir R$ 500 ao mês de forma inteligente

Veja como fazer R$ 500,00 render investindo

0

Então como investir R$ 500,00 ao mês? E agora? Onde investir? Como fazer esse dinheiro render? Estas são as perguntas que pretendemos responder hoje, aqui no Brasil 123.

Investir R$ 500 ao mês

500 reais investidos no mês de forma inteligente - reprodução unsplash
500 reais investidos no mês de forma inteligente – reprodução unsplash

Saiba que com R$ 500,00 é possível investir em quase todos os ativos do mercado, independente do seu perfil de investidor. Se o seu perfil de investidor é conservador, e gosta de ter claro, exatamente qual o valor que irá receber, a sugestão é se utilizar de duas principais formas de investir: os títulos públicos do Tesouro Direto e os Fundos de Renda Fixa. Assim, confira adiante.

Tesouro Direto

Ao investir em Tesouro Direto você tem duas vantagens, segurança e rentabilidade. Entre os principais títulos públicos do Tesouro Direto tem-se o Tesouro SELIC e os títulos pós-fixados.

Dessa forma, os títulos pós-fixados podem ser aplicados de duas formas, a curto prazo e a longo prazo, que são títulos que estão vinculados com a inflação, como as NTN-Bs. Assim, você tem condições de aplicar um pouco em cada formato de título: a curto e a longo prazo.

Fundos de Renda Fixa

Existe especificamente para investidores conservadores, e garantem uma boa rentabilidade a curto prazo, entre 6 meses a 1 ano.

Então, vale considerar que se você pretende realizar investimentos a curto prazo, os fundos de renda fixa são uma boa opção.

Mas, atenção, existem fundos de renda fixa no mercado que a rentabilidade é menor e a taxa de administração é alta. Portanto, procure saber qual é a melhor opção, ou contrate uma empresa gestora de investimentos para fazer isso para você.

Agora, se o seu perfil de investidor for mais arrojado, aceitando bem os riscos possíveis dos investimentos, a opção para investir R$ 500,00 por mês pode ser nos fundos multimercados e/ou em ações.

Fundos multimercados

Os fundos multimercados são mais seguros de se investir além de apresentar a melhor liquidez.

Sendo assim, o cuidado em investir nos fundos multimercados, é verificar a porcentagem de renda fixa que os investidores têm na carteira de investimentos. Além disso, procure fundos multimercados que possuem participações maiores em ações, no mínimo 20%, pois se houver alta na bolsa de valores, os rendimentos são maiores.

Ações

Esta forma de investimento é para perfis de investidores mais arrojados, que apresentam maior risco, mas pode ser muito rentável. Dessa maneira, você precisa se preparar para ter lucros incríveis ou perdas enormes.

Então, investir em ações, normalmente é para pessoas que preferem investir a longo prazo, o que dará tempo para que as ações valorizem. Sendo assim, o que conta mesmo, é o seu perfil de investidor: conservador ou arrojado.

A sugestão é que você diversifique os seus investimentos sendo aconselhado que você invista parte do seu investimento em renda fixa, e outra parte em fundos multimercados e ações.

Portanto, se você está iniciando no ramo de investimentos, é aconselhável realizar uma porcentagem maior em fundos de renda fixa e títulos do Tesouro Direto, e uma porcentagem menor em fundos multimercados e em ações.

Mas, primeiramente defina inicialmente o seu perfil de investidor, e depois busque informações nos títulos apresentados neste artigo, para investir com segurança, fazendo aportes mensais de R$ 500,00.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.