CNH Grátis 2021: último dia de inscrição para obter documento

0

Último dia de inscrição para quem deseja obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de maneira gratuita. São cinco mil vagas liberadas pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran – DF).

As inscrições para obter sua CNH grátis pode ser feita direto no site do órgão (portal.detran.df.gov.br) até hoje, 16 de março. Os participantes serão selecionados logo depois do encerramento das inscrições. De acordo com o Detran do DF, o inscrito será avaliado em duas categorias: na de Cidadão Habilitado ou Estudante Habilitado.

É válido destacar que todo o processo para tirar a habilitação ocorrerá no Distrito Federal, sendo impossível transferir para outro ente da federação.

Categorias

Dividida em duas categorias, a Cidadão Habilitado terá 40% das vagas, enquanto a categoria Estudante Habilitado terá 60% das vagas. Veja a divisão das categorias e quantidades de vagas:

  • Primeira CNH na categoria “A” ou “B” – 40%;
  • Adição das categorias A ou B – 20%;
  • Alteração para as categorias C, D ou E – 20%;
  • Renovação da CNH – 10%;
  • CNH definitiva – 10%.

De caráter obrigatório

O candidato deve ficar atento quanto aos requisitos, pois cada categoria exige diferentes comprovações. No caso da categoria Cidadão Habilitado, é liberado a inscrição de beneficiários que estejam inclusos em programas sociais e pessoas com deficiência (PcD). Além disso é necessário ser maior de 25 anos e estarem ativos no Cadastro Único.

Confira os requisitos:

  • Saber ler e escrever;
  • Residir no DF há pelo menos 2 anos;
  • Não ter sofrido nenhuma penalidade decorrente de infrações de trânsito de natureza média, grave ou gravíssima, nos últimos 12 meses antes da inscrição;
  • Ter CPF e RG;
  • Ser maior de 18 anos;
  • Estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Na categoria do Estudante Habilitado, o candidato precisa ser maior de 18 anos e ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além de ter estudado todo o ensino médio em escolas públicas ou como bolsista em escolas particulares.

Veja também: Texto que libera auxílio-doença sem perícia está nas mãos de Bolsonaro

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.