Caixa Tem: Resolva problemas do APP e consiga até R$ 2 mil de saldo

0

O Caixa Tem é um aplicativo disponibilizado pela Caixa Econômica Federal para facilitar o acesso aos serviços e transações bancárias da conta Poupança Digital Social dos brasileiros. Porém, alguns problemas aconteceram até então, sendo o bloqueio um dos mais questionados pelos usuários da ferramenta. A seguir, aprenda como resolver o problema e como será liberado até R$ 2 mil.

Meu Caixa Tem bloqueou, o que fazer?

Para providenciar o desbloqueio do aplicativo, o cidadão deve comparecer à uma agência da Caixa Econômica, portanto o seu CPF, documento oficial com foto e o aparelho celular em questão.

O procedimento de desbloqueio do aplicativo Caixa Tem será realizado por um atendente, confirmando que o solicitante é mesmo o titular da conta.

É possível ainda resolver a situação nas casas lotéricas e assim que for efetuado o desbloqueio ou a ativação com cadastro da senha do Caixa Tem, o trabalhador poderá sacar o valor do seu auxílio na própria lotérica, sem a necessidade de gerar um código de saque no aplicativo, caso o saque da parcela já esteja liberado.

Um outro canal à disposição do trabalhador é a Central 111, através do qual podem ser solucionadas dúvidas sobre o aplicativo.

Aumentar o saldo do Caixa Tem

O novo programa da Caixa Econômica Federal (CEF) pode liberar de R$ 500 a R$ 2 mil para mais de 10 milhões de microempreendedores no Brasil. Com taxas de juros bastante atraentes, entre 1,5% e 2,5% ao mês, o banco espera uma grande adesão do serviço.

Em entrevista dada ao programa voz do Brasil, Pedro Guimarães, presidente da Caixa, afirmou que o programa terá “taxas muito menores de juros e que vão permitir que mais de 10 milhões de brasileiros tenham acesso ao crédito de maneira segura, rápida, sem precisar ir à agência. Isso reforça a bancarização e reforça o acesso dessa população mais carente ao setor financeiro”.

Guimarães ainda lembrou que os financiamentos em andamento pelo banco, como o do Programa Casa Verde e Amarela, também passará pela transição para poder ser operado por meio do aplicativo Caixa Tem.

“Todos os contratos desse programa serão, a partir do ano que vem, via aplicativo”, disse. Hoje, segundo estimativas da instituição, 4,5 milhões de brasileiros possuem algum tipo de contrato de habitação. “Vamos migrar esses e novos contratos serão feitos pelo aplicativo”, concluiu.

Leia também: Sexta parcela do auxílio emergencial começa em 2 dias

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.