Caixa TEM: Quais usuários poderão solicitar até R$ 2 mil pelo aplicativo? Veja!

0

Visando a ampliação dos benefícios para os usuários do Caixa Tem, a Caixa Econômica Federal estuda a liberação, pelo próprio aplicado, de R$ 500 a R$ 2 mil reais para mais de 10 milhões microempreendedores de todas as regiões do Brasil.  Com juros menores do que os oferecidos atualmente, o banco almeja estabelecer entre 1,5% e 2,5% ao mês.

Outros benefícios que também podem ser aproveitados

Pedro Guimarães, ainda lembrou que os financiamentos em andamento pelo banco, como o do Programa Casa Verde e Amarela, também passarão pela transição para poder ser operado por meio do aplicativo Caixa Tem.

“Todos os contratos desse programa serão, a partir do ano que vem, via aplicativo”, disse. Hoje, segundo estimativas da instituição, 4,5 milhões de brasileiros possuem algum tipo de contrato de habitação. “Vamos migrar esses e novos contratos serão feitos pelo aplicativo”, concluiu.

Invista no seu negócio

Após a liberação do Pix pelo aplicativo do Caixa Tem, reforçando a segurança nas transações por meio da liberação de crédito em massa pelo banco digital, o executivo ainda informou que o banco cadastrou 18,5 milhões de chaves Pix, 47% destas pessoas usaram o aplicativo Caixa Tem, mostrando assim o avanço da digitalização bancária no Brasil.

“A bancarização é um fato. Essas pessoas entraram via Caixa Tem, se bancarizaram e hoje já têm movimentação bancária, inclusive no Pix”, disse o presidente do banco.

De janeiro a março deste ano, a estatal registrou a maior contratação de crédito imobiliário da história, sendo liberado R$ 33,2 milhões. Esse valor é 21,5% superior que o registrado no segundo trimestre deste ano e 58,7% maior ao mesmo período de 2019.

“Retomamos ao nível operacional de antes do coronavírus e crescemos mais do que o ano passado. Aconteceu o mesmo em relação ao consignado”, afirmou Guimarães. Os que optaram pelo consignado, a contratação foi de R$ 21,9 milhões durante o mesmo período, mostrando um crescimento de 60,6% comparado ao ano anterior.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.