Bradesco DIN: Conheça o novo cartão de crédito para negativados

0

O Bradesco acaba de anunciar o cartão pré-pago para negativados no SPC e Serasa. Batizado como DIN, o cartão de crédito é aceito em todo o mundo e pode ser solicitado pela internet sem qualquer burocracia. Se você tem tentado adquirir um bom cartão e não consegue por conta de restrição no seu CPF, não perca tempo e solicite o seu agora mesmo.

Sem necessidade de consulta aos órgãos de restrição de crédito, o cartão pode ser solicitado de maneira simples e rápida, sem a necessidade de comprovar renda. Porém, apesar de ter a função de crédito, o seu uso é mediante saldo disponível na conta.

Sobre anuidade

Quem for solicitar o cartão DIN do Bradesco terá apenas uma taxa recorrente, ou seja, será cobrado do consumidor uma taxa de R$ 10 no primeiro depósito do cartão.

Esta taxa refere-se ao custeio que o banco terá para enviar o cartão para residência do cliente. Outra opção que pode ser cobrada é no valor de R$2,99 ao mês, sendo possível apenas quando o cartão tiver saldo.

Vantagens do DIN Bradesco

  • Qualquer pessoa acima de 18 anos pode solicitar sem burocracia;
  • O cartão é indicado para negativados no SPC e SERASA;
  • É possível usar o cartão com compras em lojas físicas e online na função crédito;
  • Não é exigido comprovação de renda;
  • Gerenciamento pelo aplicativo;
  • Pode ser usado para pagamentos de contas;
  • Usando o cartão é possível sacar em qualquer caixa eletrônico no Brasil e no exterior;
  • Não há faturas, ao usar o cartão o valor é debitado direto da conta;
  • É possível receber o salário pelo cartão;
  • Transferências ilimitadas e gratuitas entre contas DIN;
  • Transferência para outros bancos;
  • O cartão pode ir com a bandeira VISA ou ELO.

Bradesco

“Banco Bradesco S.A. é um banco brasileiro, constituído na forma de sociedade anônima, com sede em Osasco, em São Paulo. Foi fundado em 10 de março de 1943 em Marília, em São Paulo, por Amador Aguiar.

Em 2010, era o único banco privado brasileiro a estar presente em todos os municípios do país, com pelo menos uma agência ou posto de atendimento em cada uma das 5.564 cidades do Brasil.”

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.