Avião cai na Rússia e deixa 16 mortos

Inicialmente, os dados oficiais apontavam que 19 pessoas haviam morrido no acidente de avião, mas a informação foi corrigida em seguida

0

O domingo (10) foi marcado por uma grande tragédia na cidade de Menzelinsk, na Rússia. Por lá, um avião modelo L-410 caiu com 22 pessoas a bordo. Conforme apontam as agências de notícias locais e também os  serviços de emergência do país, 16 pessoas morreram e outras seis ficaram feridas por conta do desastre aéreo.

No começo, as informações eram de que o acidente havia causado 19 mortes. Todavia, a informação foi corrigida ao longe deste domingo, chegando-se aos 16 óbitos já informados. Assim como o número de vítimas fatais, a quantidade de feridos também diminuiu, e foi de sete para seis, sendo que todas estão em estado grave.

Avião levava paraquedistas

Conforme informou a agência de notícias “TASS”, a aeronave estava levando 20 paraquedistas. Além deles, haviam mais dois tripulantes, que estavam no comando do avião, um Let L-410 Turbolet, um veículo bimotor de transporte de curto alcance que pertencia a um aeroclube da cidade de Menzelinsk.

Ainda conforme a agência, o local do acidente fica na região do Tartaristão, no Distrito Federal do Volga, e as autoridades locais dizem que, segundo as análises preliminares, a queda do avião pode ter acontecido por conta de uma falha em um dos motores.

avião
Inicialmente, os dados oficiais apontavam que 19 pessoas haviam morrido no acidente de avião, mas a informação foi corrigida em seguida. (Foto: reprodução)

Histórico de acidentes

De acordo com a “TASS”, os padrões de segurança da aviação na Rússia passaram por uma reformulação nos últimos anos, mas, mesmo assim, não são raros os registros de acidentes envolvendo aviões envelhecidos em regiões remotas do país.

Prova disso é que, no final do mês de setembro, um acidente no Extremo Oriente da Rússia acabou causando a morte de seis pessoas. Antes disso, em julho, outro desastre aéreo, agora em Kamchatka, culminou na morte de 28 tribulantes.

Promotor diz ter convicção sobre quem matou a menina Madeleine, mas não tem provas de como a morte ocorreu

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.