AUXÍLIO EMERGENCIAL: retroativo de até R$ 3 MIL é pago em AGOSTO

Apesar do fim do Auxílio Emergencial há meses, alguns beneficiários continuam recebendo o valor em forma de compensação; veja quem pode sacar

0

O Auxílio Emergencial chegou ao fim em outubro do ano passado. Contudo, o benefício continua sendo pago para um grupo específico de pessoas no país. Isso mesmo, milhares de brasileiros ainda estão recebendo o pagamento do benefício em 2022.

Em resumo, o Auxílio Emergencial ajudou milhões de pessoas em 2020 e 2021. O benefício permitiu que as famílias de renda mais baixa enfrentassem os impactos provocados pela pandemia da covid-19 no país.

A saber, o objetivo do governo era reduzir as dificuldades trazidas pela crise sanitária à população mais pobre. E algumas famílias ainda estão recebendo valores retroativos em forma de compensação. No entanto, os únicos beneficiários que têm direito a esses pagamentos são aqueles que não receberam o valor correto em 2020.

Na verdade, o governo federal havia liberado em 2020 uma cota dupla do Auxílio Emergencial para as mães solteiras chefes de família. Em suma, elas cuidavam sozinhas de filhos menores de idade, sem contribuição de cônjuge ou companheiro, e tiveram direito ao valor de R$ 1,2 mil.

Entretanto, os pais que se encontravam nessa mesma situação não foram beneficiados igualmente. Por isso, o governo federal, através do Ministério da Cidadania, segue liberando o auxílio para os pais solos, chefes de família monoparental. A propósito, há mais de 400 mil homens nessa situação no país.

Auxílio Emergencial: governo pagou valor a 135,7 MIL MORTOS

Valor retroativo do Auxílio Emergencial pode chegar a R$ 3 mil

De acordo com a Caixa Econômica Federal, o valor repassado pelo programa não é o mesmo para todos os pais. Na verdade, depende da quantidade de parcelas recebidas pelos beneficiários entre os meses de abril e agosto de 2020.

Confira abaixo as faixas dos valores retroativos do auxílio:

  • Pai que recebeu 5 meses de benefício receberá R$ 3 mil;
  • Pai que recebeu 4 meses de benefício receberá R$ 2,4 mil;
  • Pai que recebeu 3 meses de benefício receberá R$ 1,8 mil;
  • Pai que recebeu 2 meses de benefício receberá R$ 1,2 mil;
  • Pai que recebeu 1 mês de benefício receberá R$ 600.

Em suma, os valores podem variar de R$ 600 a R$ 3 mil. Aliás, os pais que ainda têm dúvidas se vão receber ou não o auxílio podem conferir os requisitos abaixo. A saber, o beneficiário precisa atender os seguintes requisitos para ter direito ao pagamento das parcelas:

  • Ser pai solteiro, chefe de família, sem companheira ou cônjuge;
  • Ter ao menos uma pessoa menor de 18 anos na família;
  • Estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) como responsável familiar;
  • Não pertencer a grupo de família que teve o pagamento de cota dupla (R$ 1,2 mil) para outra pessoa (mãe solteira).

AUXÍLIO BRASIL: novos beneficiários vão receber valor retroativo?

Veja como consultar a sua situação através do CPF

Os interessados em saber se têm direito ao auxílio e em que momento poderão sacar o dinheiro devem acessar o site desenvolvido pela Dataprev, empresa de tecnologia da Previdência Social.

Em resumo, os pais só precisam acessar o portal de consulta do Auxílio Emergencial. Contudo, vale destacar que o acesso só acontecerá após a verificação da conta gov.br, através do CPF e da senha de acesso. Aliás, saiba como abrir uma conta gov.br.

Leia também: AUXÍLIO-TAXISTA: veja como o benefício será movimentado

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.