Auxílio Brasil: saiba como aumentar o valor da sua parcela mensal

Embora o benefício tenha sido fixado em R$ 400, há famílias que conseguem receber valores mais altos devido a benefícios adicionais

0

O Auxílio Brasil vem ajudando a população a enfrentar os incontáveis desafios do Brasil nos últimos meses. A saber, o presidente Jair Bolsonaro aprovou a lei que fixou em R$ 400 o piso mínimo do benefício. E essa aprovação foi uma grande conquista para os beneficiários.

No entanto, o valor está longe de suprir todas as necessidades de uma família no país. A inflação e os juros elevados estão corroendo a renda da população, que vê o seu poder de compra diminuir a cada mês. Por isso que muita gente ficaria bem feliz em ver o valor do seu auxílio crescer.

Em resumo, há alguns fatores que aumentam o valor do benefício. Aliás, quatro cidades brasileiras encerraram maio com um auxílio registrando um valor médio superior a R$ 500. Isso aconteceu por um motivo simples: inclusão de benefícios adicionais.

Saiba como aumentar a parcela do Auxílio Brasil

As pessoas que recebem o Auxílio Brasil e desejam aumentar o valor da parcela mensal podem conseguir através de abonos complementares. Na verdade, estes benefícios básicos são repassados a depender da composição do núcleo familiar. Isso quer dizer que alguns fatores permite o aumento do valor do auxílio.

Em suma, há benefícios adicionais para famílias que não conseguem vaga para filhos em creche ou para aquelas em que o filho vence alguma competição escolar, por exemplo. Veja abaixo quais são os casos em que há incremento de outros benefícios:

1- Benefício Primeira Infância

A saber, este benefício é um direito das famílias que tenham crianças de 0 a 36 meses incompletos. O valor por integrante é de R$ 130, limitado a cinco beneficiários por família.

2- Benefício Composição Familiar

Também podem receber um auxílio ainda maior que R$ 400 as famílias com gestantes ou com integrantes de três a 21 anos incompletos. Nesse caso, o valor por pessoa é de R$ 65, limitado a cinco beneficiários por família.

3- Benefício de Superação da Extrema Pobreza

Em síntese, o benefício se destina às famílias com renda mensal por pessoa igual ou inferior a R$ 100. A propósito, esse valor é considerado a linha da extrema pobreza. Aliás, cada família receberá um valor diferente, pois o benefício é calculado individualmente.

4- Auxílio Esporte Escolar

Beneficia famílias que tenham entre os seus integrantes estudantes entre 12 e 18 anos incompletos e que se destacarem nos Jogos Escolares Brasileiros. O valor é de R$ 100, mais uma parcela única de R$ 1 mil.

5- Bolsa de Iniciação Científica Júnior

Estes benefício se destina a estudantes que se destacarem em competições acadêmicas e científicas nacionais. Da mesma forma que o Auxílio Esporte Escolar, este benefício também disponibiliza um valor de R$ 100, mais uma parcela única de R$ 1 mil.

6- Auxílio Criança Cidadã

As famílias de baixa renda também encontram dificuldades em encontrar vagas em creches para os filhos pequenos. E este auxílio visa ajudar famílias com criança de 0 a 48 meses incompletos que não conseguiram colocar os pequenos em creches públicas ou conveniadas. O valor do auxílio é de R$ 200 para o turno parcial e de R$ 300 para o integral.

7- Auxílio Inclusão Produtiva Rural

Em resumo, os agricultores familiares inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) recebem R$ 200, por família.

8- Auxílio Inclusão Produtiva Urbana

Os beneficiários que conseguirem um emprego com carteira assinada também são contemplados com um valor adicional. A saber, as pessoas que recebem o Auxílio Brasil e que comprovarem vínculo de emprego formal recebem R$ 200 por família.

9- Benefício Compensatório de Transição

Por fim, este auxílio se destina às famílias que recebiam o Bolsa Família, mas tiverem redução no valor recebido. Nesse caso, o valor é calculado de acordo com cada família.

Leia também: Auxílio mensal de R$ 1.200 para mulheres; saiba mais sobre o benefício

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.