Auxílio Brasil: Famílias estão sendo bancarizadas com os novos cartões do programa

Conheça detalhes do novo programa social

0

O Governo Federal tem lançado diversas rodadas de apresentações sobre os programas de transferência de renda e das políticas de assistência social, com a Jornada Auxílio Brasil.

O último encontro foi em Montes Claros (MG). O evento, em parceria com a Associação dos Municípios da área Mineira da Sudene (AMAMS), contou com 250 participantes de 80 municípios mineiros que trabalham na área da assistência social.

“Chegamos aqui em Minas Gerais para conversar com a área da assistência social do estado e dos municípios e apresentar as principais inovações do Governo Federal, além de mostrar como o Auxílio Brasil ajuda a recuperar a economia local desses municípios e as pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade”, explicou o secretário executivo do Ministério da Cidadania, Luiz Galvão.

Auxílio Brasil: Famílias estão sendo bancarizadas com os novos cartões do programa
Imagem: Divulgação

Famílias do Auxílio Brasil estão sendo bancarizadas

Em junho, são 18,15 milhões de famílias beneficiadas com o Programa Auxílio Brasil, em um investimento que supera os R$ 7 bilhões.

Em maio, a iniciativa atendeu 1,4 milhão de famílias em Minas Gerais, em um investimento de R$ 584,2 milhões, sendo que as famílias mineiras atendidas receberam o valor médio de R$ 408,33.

Durante o encontro, Luiz Galvão informou ainda que as famílias atendidas pelo Auxílio Brasil estão sendo bancarizadas por meio da aquisição dos novos cartões do programa.

“É mais uma ação inovadora. A gente substitui os cartões sociais, que eram aqueles cartões apenas de tarja magnética, que ele só podia fazer um saque único nas agências da Caixa Econômica Federal, por um cartão de débito, um cartão bancário. A partir de agora, quem recebe um cartão do Auxílio Brasil não precisa mais se deslocar às agências bancárias ou lotéricas para fazer uso do benefício. Ele pode ser usado diretamente na padaria, no mercadinho e no comércio local”, frisou.

Leia ainda: INSS: Novidades para o empréstimo consignado; conheça os novos recursos

Benefícios Complementares

Na ocasião, técnicos do ministério explicaram que o Auxílio Brasil possui alguns benefícios complementares para quem está no programa, tais como:

  • Bolsa Iniciação Científica Júnior: Concedida a estudantes que tenham se destacado em competições acadêmicas e científicas de abrangência nacional;
  • Auxílio Esporte Escolar: Concedido a estudantes de 12 a 17 anos incompletos que se destacarem nos Jogos Escolares Brasileiros.

Nos dois casos, além do valor mínimo de R$ 400, a família recebe um repasse anual de R$ 1.000 e 12 parcelas de R$ 100 a mais para a criança.

Em Minas Gerais, são 2.392 estudantes beneficiados pela Bolsa de Iniciação Científica Jr e 1.404 estudantes pelo Auxílio Esporte Escolar.

Já o Auxílio Inclusão Produtiva Rural é pago a agricultores familiares e vale uma parcela a mais de R$ 200.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Ministério da Cidadania

Confira também: Novo microcrédito: Caixa Tem libera de R$ 300 a R$ 3.000 em junho; veja como receber

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.