Aposentado do INSS com dois empregos pode pedir revisão do benefício; entenda

Diversos trabalhadores com dois empregos poderão ter acesso à revisão

0

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) agora permite que o trabalhador aposentado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) faça um pedido de revisão do benefício para quem tinha mais de um emprego simultaneamente.

Desse modo, a resolução pode permitir um pagamento mensal de maior valor, mas é preciso fazer a conta certa para não ficar no prejuízo.

Revisão para aposentado do INSS

A saber, a medida contempla aquele trabalhador que teve dois empregos ao mesmo tempo, até o período de junho de 2019.

Dessa forma, a decisão do STJ pode beneficiar algumas categorias em especial, tais como professores, médicos, enfermeiros, e ainda profissionais autônomos.

Leia ainda: Caixa Tem com erro! O que fazer? Veja algumas orientações

Pedido de revisão

A solicitação da revisão do benefício para os aposentados que tinham dois empregos pode permitir a soma das duas contribuições. Assim sendo, o beneficiário pode acabar conseguindo uma aposentadoria melhor junto ao INSS.

Entretanto, é preciso destacar o período, para que nem todos se animem com a notícia. Como mencionado, a decisão só é válida para quem tinha mais de um emprego antes de junho de 2019, a partir de quando a forma de cálculo mudou foi alterada.

Então, com base no decreto, as contribuições devem ser somadas integralmente.

Vale destacar que antes da decisão, o INSS considerava apenas uma atividade primária e essa decisão era tomada pela avaliação do maior tempo de contribuição, mesmo que um pequeno acréscimo fosse observado em referência à atividade secundária.

Em resumo, a nova revisão do benefício por dois empregos pode proporcionar um aumento de até 30% no valor pago aos aposentados, mas para isso, é preciso fazer o pedido com até 10 anos do primeiro pagamento da aposentadoria.

A saber, o INSS assume desde 2019 a posição de somar os dois salários recebidos pelo segurado até o limite do teto previdenciário e calcular o benefício que o cidadão deve receber.

Veja também: FGTS: Fiz adesão ao Saque-Aniversário, posso receber também o Saque Extraordinário?

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.