Alta de criptomoedas alternativas derruba preço do Bitcoin

0

O Bitcoin havia apresentado alta na última segunda-feira (03) e chegou a R$ 313 mil. No entanto, nesta terça-feira (4), voltou para a faixa de R$ 290 mil. É um momento recheado de instabilidade por inúmeros motivos:

  1. Possibilidade de tributações nos Estados Unidos, onde vivem alguns dos maiores investidores. A maioria deles usa o Bitcoin com o intuito de não ter o dinheiro rastreado pelo governo. 
  2. Grande quantidade de alternativas mais baratas e instáveis para investir, opções que prometem um crescimento constante de patrimônio ao longo do tempo.
  3. Ether tendo altas históricas, chegando a mais de R$ 17 mil sendo que o tradicional seria de R$ 11 mil ou menos.

Perda de dominância do Bitcoin

O Bitcoin está perdendo predominância no mercado e os gráficos comprovam isso. É uma queda leve com as perdas de investidores na criptomoeda. Isso ocorre porque outras alternativas são baratas e permitem, dentro de algumas horas, um retorno tão satisfatório quanto. 

Um exemplo disso é o Dogecoin que sempre estava abaixo de R$ 0,05 e foi, com a chegada da Coinbase na Bolsa de Valores dos Estados Unidos, para a faixa de R$ 2,5. Ou seja: quem investiu, teve um aumento muito acima de 100% do patrimônio. 

Nas últimas 24 horas, enquanto o Bitcoin caiu quase 5%, o Ethereum sobe 9,70%, chegando a valer US$ 3.487,00 em algumas corretoras. A alta da Ethereum é a maior de todos os tempos, com investidores observando a entrada de empresas nesse ambiente também“, afirmou a plataforma LiveCoins.

Yuan

Em alguns países do oriente, essas criptomoedas são ainda mais caras que no Brasil. A chegada do Yuan digital também deve facilitar para os investidores: não há cobrança de taxas como no caso do Bitcoin, quando se precisa fazer transferências. 

O YUAN, moeda digital chinesa, já está sendo usada na China e muitos funcionários passaram a receber o salário desta forma. Já existem muitos tutoriais na internet ensinando como deve ocorrer o recebimento daqueles que optarem por essa modalidade. A predominância e os aquecimentos provocados pela China devem alterar o BTC em valor. 

 

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.