5 dicas para eliminar dívidas e começar a investir

Veja o que fazer para conseguir ter um dinheiro extra

0

Você deseja começar a investir, mas está com dívidas? Neste post, selecionamos 5 dicas para eliminar dívidas e começar a investir seu dinheiro.  Sendo assim, confira aqui no Brasil 123.

Como eliminar dívidas

Conforme a Confederação Nacional de Bens, Serviços e Turismo (CNC), cerca de 55,6% das famílias brasileiras estão endividadas, o que pode ter sido causado pela atual instabilidade econômica e, principalmente, pela falta de estímulo à educação financeira nas famílias.

Com a retomada da economia após um período de instabilidade advindo da pandemia de COVID-19, algumas pessoas começaram a pensar em abrir seu próprio negócio ou, até mesmo, entrar no mercado financeiro e começar a investir.

Entretanto, muitas destas pessoas estão endividadas e precisam sair do vermelho antes de aplicar o seu dinheiro. Portanto, para descobrir como você pode eliminar as suas dívidas, continue lendo este post!

Calcule o valor total das dívidas!

Em primeiro lugar, você precisa saber qual é o valor total da sua dívida, logo, você precisa calcular todas as dívidas que você tem para descobrir qual é a sua situação financeira atual.

Então, com tudo anotado, a Rico Investimentos indica que você entre em contato com os credores para saber qual é o valor atualizado da sua dívida – o chamado CET, o custo efetivo total.

Organize o seu orçamento!

como se livrar das dívidas para poder investir - reprodução unsplash
como se livrar das dívidas para poder investir – reprodução unsplash

Com os valores em mãos, você deve organizar o seu orçamento mensal considerando a renda mensal, os gastos fixos e os gastos supérfluos.

Após mapear a movimentação do seu dinheiro, você deve cortar os gastos supérfluos. Além disso, verificar quais os valores que podem ser direcionados para o pagamento de dívidas.

Renegocie as dívidas

Agora que você já sabe o valor total das suas dívidas e os valores mensais que podem ser direcionados para o pagamento dessas dívidas, é hora de entrar em contato com os credores e renegociar as suas dívidas.

De acordo com a Rico Investimentos, o ideal é renegociar o máximo de dívidas que for possível para você, já que esta é uma forma de melhorar a sua credibilidade com o mercado financeiro.

Na renegociação, você pode optar pelo pagamento da dívida à vista e conseguir um desconto no valor a ser pago. Também, você pode parcelar a dívida e pagar um acréscimo de juros.

Ainda assim, caso você não consiga entrar em contato com o credor, não deixe de participar de mutirões de renegociação das dívidas. Exemplo disso é o Serasa.

Aposte em uma renda extra!

Caso você não tenha organizado o seu orçamento e tenha percebido que não tem grana suficiente para pagar as dúvidas, você pode optar por uma renda extra para isso.

Dessa forma, que tal olhar a sua casa e observar aquilo que dá para vender? Como roupas, livros e móveis?

Olhou ao redor e não encontrou nada? Pense no seu tempo livre e organize-o para ter um tempo para trabalhar em busca de uma renda extra. Isso pode ser um trabalho freelance na sua área, passear com cachorros, trabalhar em uma obra, fazer artesanato, dentre outras opções.

Seu padrão de vida deve estar de acordo com o seu bolso.

O cartão de crédito é uma forma de conquistar poder de compra, bem como pode ser uma chance de endividar-se. Por conta disso, é importante que você baseie os seus gastos em sua renda mensal. Além disso, use o cartão de crédito apenas em momentos de emergência!

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.