Trem do metrô cai em avenida e deixa dezenas de mortos e feridos no México

De acordo com a prefeitura do local, pelo menos 23 pessoas morreram e 65 ficaram feridas. Além disso, o resgate precisou ser suspenso devido ao risco de desabamento do restante do viaduto

0

Um grave acidente na Cidade do México culminou em dezenas de mortos e feridos na noite de segunda-feira (03). Isso porque um trem do metrô do local descarrilou e despencou após um viaduto desabar. De acordo com Claudia Sheinbaum, o acidente acarretou pelo menos 23 mortes e deixou 65 pessoas feridas.

Ainda segundo a chefe do Executivo local, existem crianças entre as vítimas e sete feridos estão em estado grave. Claudia Sheinbaum ainda explicou que a estrutura do viaduto e os dois vagões desabaram sobre veículos que circulavam na avenida Tláhuac.

“Vários feridos conseguiram sair dos vagões por conta própria e uma pessoa saiu com vida de um automóvel que foi esmagado pelos escombros do viaduto”, relatou a prefeita em sua conta no Twitter.

méxico
De acordo com a prefeitura do local, pelo menos 23 pessoas morreram e 65 ficaram feridas. Além disso, o resgate precisou ser suspenso devido ao risco de desabamento do restante do viaduto. (Foto: reprodução)

Resgate das vítimas

Ainda na rede social, a prefeita relatou que dezenas de socorristas e bombeiros trabalharam durante a madrugada na Cidade do México a fim de retirar os passageiros dos escombros. No entanto, os agentes constataram o risco de um colapso e a ação precisou ser interrompida.

“Por enquanto, interrompemos o resgate porque o metrô está muito instável. Uma grua vai chegar para ajudar”, pontuou Claudia Sheinbaum, que ainda revelou que, aparentemente, o acidente pode ter acontecido porque uma viga da estrutura do metrô cedeu. Todavia, a causa do acidente ainda será investigada.

“Nas próximas horas o @SGIRPC_CDMX [Secretaria de Gestão Integral de Riscos] fornecerá as informações mais atualizadas sobre as transferências de hospitais. Até agora ele nos informa que há 23 mortes lamentáveis. Será feita uma revisão estrutural de toda a linha 12 e uma avaliação aprofundada e investigação das causas”, diz a prefeita.

Não foi o primeiro acidente no metrô

Apesar de ter sido o acidente mais grave, este não foi o primeiro neste ano. Isso porque, em janeiro, um incêndio nas instalações de controle do metrô deixou uma pessoa morta e 29 intoxicadas.

Além disso, em março do ano passado, uma pessoa morreu e 41 ficaram feridas após dois trens colidirem dentro de uma estação do metrô da Cidade do México, inaugurado em 1969.

Matéria em atualização

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.