Sedentarismo: será que você se enquadra?

0

Sedentarismo é definido como a falta, ausência ou diminuição de atividades físicas ou esportivas. Considerada como a doença do século, está associada ao comportamento cotidiano decorrente dos confortos da vida moderna.

Em outras palavras, o sedentarismo se caracteriza pela pouca ou nenhuma prática de atividades físicas ou esportivas e pode acarretar vários problemas como aumento do colesterol, atrofia muscular e obesidade.

Dados

Mais de 40% da população brasileira adulta é sedentária. Nesse sentido, o sedentarismo hoje é responsável por cerca de 13% das mortes no nosso país, sendo considerado fator de risco para diversas doenças como: doenças cardiovasculares, metabólicas, distúrbios do sono, problemas articulares, declínios cognitivos e até mesmo alguns cânceres.

O que fazer para se livrar do sedentarismo?

Praticar exercícios físicos regularmente pode trazer benefícios desde melhoras na circulação sanguínea até a diminuição de gordura e ganho de massa magra. Em cerca de um mês, atividades como caminhadas, corridas, musculação e dança causam diversas melhorias no organismo, beneficiando ainda o funcionamento mental e físico do corpo. ⠀

A prática de atividades físicas contribui para a perda de excesso de peso, reduz a pressão arterial, fortalece os ossos e as articulações, diminui o estresse, combate a ansiedade e a depressão, aumenta a disposição, fortalece o sistema imunológico etc.⠀

Outras ações que diminuem o sedentarismo

  • Substituir o tempo sedentário por atividade física de qualquer intensidade (incluindo intensidade leve).
  • Atividades lúdicas (brincadeiras, jogos, esportes, dança), transporte (caminhada e bicicleta), trabalho ou tarefas domésticas (varrer, jardinagem, lavar roupa).
  • Inicie com pequenas quantidades de atividade física e aumente gradualmente a frequência, intensidade e duração ao longo do tempo.

Por isso, antes de começar uma atividade, é importante consultar um médico para avaliar o estado geral da saúde, principalmente se a pessoa for sedentária. Assim, o médico poderá informar se há algum exercício não indicado e a intensidade e frequência ideal das atividades.⠀

Por fim, veja também: Conheça a importância do exercício físico.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.