Reserva de emergência: 5 fundos para você investir

0

Se você está pensando em montar uma reserva de emergência, uma das melhores ideias é, sempre, esconder o dinheiro da sua vista. Isso porque deixá-la no seu banco pode ser uma péssima ideia, principalmente em momentos que você fará compras por impulso. Por isso, uma excelente forma de construir o seu colchão financeiro é colocar em fundos de investimentos.

Isso porque eles ficam apenas em aplicativos de corretoras. Com isso, você não acessa todos os dias e esquece que o valor está ali. Além disso, existem alguns fundos de investimentos que renderam um pouco acima do CDI, o que pode ser uma excelente ideia para você investir.

O que é uma reserva de emergência?

Antes de falarmos como investir o seu dinheiro, é importante relembrar o que é uma reserva de emergência. Isso porque o conceito pode parecer simples, mas montá-la pode ser extremamente desafiador, principalmente se, para você, sobra pouco no final do mês.

Em linhas gerais, a reserva de emergência é todo dinheiro que você guarda para bancar imprevistos. Com esse valor, você arruma o carro que bateu, o cano que estourou ou, ainda, o médico que você precisou ir. Esse dinheiro serve para emergências de fato, não para aqueles gastos que você pode evitar com um planejamento financeiro sólido, como aniversários, datas comemorativas, entre outras festividades.

Por outro lado, é desafiador montar a sua reserva. Isso porque ela corresponde a valores que cubram de 6 a 12 salários seus. Dessa forma, a ideia é que você consiga viver de 6 a 12 meses sem trabalhar, vivendo apenas com esse dinheiro. Isso acontece quando você é demitido, por exemplo. Contudo, muitas vezes sobra pouco no final do mês. Por isso, é essencial fazer um esforço de cortar gastos ou, ainda, buscar uma renda extra.

reserva de emergência
Foto: Reprodução

Fundos para investir

Porém, quem coloca as finanças em dia e começa a guardar dinheiro precisa saber onde colocar esse dinheiro. Isso porque de nada adianta ter valores e não saber por onde começar. Por isso, o primeiro pensamento é sempre uma conta digital que renda 100% do CDI, como o Nubank ou PicPay e demais carteiras digitais.

Contudo, é fundamental que você coloque esse dinheiro da reserva de emergência onde não consiga ver com frequência. Isso porque o fácil acesso é premissa para você gastar esse valor em compras irracionais que você faz durante o mês. Por isso, existem 5 fundos que renderam bem nos últimos 12 meses que podem ser um excelente ponto de partida.

O fundo que mais rendeu foi o Vitreo Selic FI Renda Fixa Simples. O fundo rendeu 8,4% nos últimos 12 meses, um total de 104% do CDI. Em segundo lugar ficou o TREND DI FI Renda Fixa Simples. Esse rendeu 8,3%, ou seja, 103% do CDI. Em terceiro lugar temos o Órama DI FI Renda Fixa Simples, que rendeu 8,3% também, assim como o quarto colocado, o PI Selic FI Renda Fixa Simples. Em quinto lugar, o BTG Pactual Digital Tesouro Selic rendeu 7,6%. No mesmo período, o CDI rendeu 8,1%.

Por isso, esses fundos podem ajudar você a guardar dinheiro para a sua reserva de emergência, ter a opção de resgatá-los rapidamente e, além disso, não dar um fácil acesso para você ver o saldo diariamente.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.