“Mês atípico”? Confira dicas de planejamento financeiro

0

Um dos maiores problemas de quem quer controlar as finanças e gastar menos é o tal do “mês atípico”. Ele se refere aos gastos que você não planejava, mas que você precisou pagar. E normalmente esses gastos inesperados estão atrelados mais a datas comemorativas do que despesas inesperadas, de fato. Por isso, é fundamental considerar isso no seu planejamento financeiro.

Dessa forma, hoje vamos mostrar os motivos de, na verdade, não existirem “meses atípicos”. Além disso, vamos mostrar como você pode fazer o seu planejamento financeiro usando as datas comemorativas e, com isso, evitar surpresas.

O que seria um “mês atípico”?

Mês atípico é aquele em que você precisa gastar mais do que o planejado. Isso porque você foi convidado a sair com os amigos, precisou comprar um presente para um familiar, ou, ainda, precisou comprar um sapato novo, já que o seu teve a sola rasgada. Contudo, nada disso é algo imprevisível, de fato. Isso porque esses gastos são, de certa forma, recorrentes. Vale lembrar que não estamos falando de reserva de emergência, muito comum em planejamento financeiro.

Isso porque a reserva de emergência é um valor usado para quando você tem, de fato, despesas inesperadas. Isso serve para um cano que estourou, o carro que arranhou, entre coisas que você, de verdade, não poderia prever. Contudo, você pode facilmente prever uma saída com os amigos ou, ainda, uma tarde de compras no shopping. Por isso, é preciso levar isso em conta na hora de fazer o seu planejamento financeiro, dado que esse dinheiro vai com facilidade e pode endividar você de uma hora para outra.

Dessa forma, existem alguns passos para você driblar as datas comemorativas e os jantares frequentes do seu padrão de vida. Para isso, é preciso apenas parar por alguns minutos e analisar o calendário.

planejamento financeiro
Foto: Pexels

Planejamento financeiro sem surpresas

Todos os meses você encontrará um gasto inesperado que, na verdade, você poderia prever com facilidade. Isso porque existem dias comemorativos que você dará presente aos amigos, bem como preferirá pedir uma comida em vez de fazer o seu próprio jantar. Por isso, não existe mês atípico, existe falta de planejamento.

Com isso, você deve sentar por alguns minutos e ver as datas que pessoas próximas a você fazem aniversário. Nesses dias, provavelmente você gastará com presentes e com jantares. Além disso, datas comemorativas, como dia das mães, dia dos pais, natal, entre outros, são boas desculpas para ir às compras.

Após isso, você separará os seus ganhos e estipulará que, deles, 20%, por exemplo, você guardará apenas para curtir o mês. Dessa forma, você usa apenas esse valor, do seu planejamento financeiro, para comprar as suas coisas, mantendo as contas em dia e evitando surpresas. Vale lembrar que você precisa encaixar o percentual de acordo com a sua realidade. Se 20% ficarem pesados para você, opte por 10%. Para percentuais abaixo disso, o ideal é que você vá direto à opção de cortar alguns gastos.

Contudo, essa ferramenta de planejamento financeiro evitará muitas surpresas, manterá a sua boa relação com o dinheiro e tornará tudo muito mais prazeroso.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.