Óbito em núcleo familiar pela Covid-19 pode favorecer recebimento de auxílio; confira

Benefício é pago pelo Bolsa do Povo

0

As perdas pela Covid-19 são irreparáveis. A doença que já tirou a vida de mais de 500 mil brasileiros em todas as regiões do país tem contribuído para a acentuação da crise econômica já existente no Brasil. Como forma de auxiliar pessoas que perderam entes do seu núcleo familiar, o governo de São Paulo aprovou um novo auxílio destinado a esse grupo.

O chamado São Paulo Acolhe integra, junto com outros projetos de assistência social, o Programa Bolsa do Povo. Assim sendo, confira como ter acesso ao benefício e conheça melhor sobre as propostas.

Óbito em núcleo familiar pela Covid-19 pode favorecer recebimento de auxílio; confira
Óbito em núcleo familiar pela Covid-19 pode favorecer recebimento de auxílio; confira – Imagem: Divulgação investnews

Auxílio será pago às famílias que perderam entes pela Covid-19

Sob a gestão da Secretaria de Desenvolvimento Social, o programa de proteção social São Paulo Acolhe, promove a transferência de renda para famílias em situação de vulnerabilidade social que perderam membro familiar por Covid-19 desde o início da pandemia até 21/06/2021. Com investimento de mais de R$ 20 milhões, o auxílio financeiro pagará 6 parcelas mensais de R$ 300,00, totalizando R$ 1.800,00.

Serão beneficiadas famílias inscritas no CadÚnico com renda mensal de até 3 salários mínimos, que tiveram perda de pelo menos um membro pela Covid-19, podendo ser filhos, cônjuges, pais, etc., desde que o(s) óbito(s) tenha(m) ocorrido dentro do núcleo familiar.

Desse modo, a prefeitura está selecionando os participantes e já disponibiliza um site para verificação da elegibilidade. Para fazer a verificação, basta acessar o endereço eletrônico do Bolsa do Povo, procurar o projeto São Paulo Acolhe e clicar na opção “Saiba se sua família é elegível ao benefício”.

A verificação é feita apenas pelo Número de Identificação Social (NIS) do interessado. Caso o indivíduo não esteja elegível, mas atenda aos requisitos, pode acessar a Ouvidoria do programa e solicitar ajuda e também outras informações que julgar pertinentes.

Além desse projeto, o Bolsa do Povo oferece o Aluguel Social; conheça melhor.

Aluguel Social do Bolsa do Povo

O Aluguel Social é um subsídio concedido para apoiar as despesas com moradia, em caráter provisório, às famílias que tiveram suas residências afetadas por chuvas ou intervenções urbanas e/ou ambientais.

As famílias que comprovarem que ficaram desalojadas decorrente dos fatos geradores antes citados são cadastradas pela CDHU ou Município para recebimento do benefício.

Para obter maiores informações, o interessado pode consultar o site do Bolsa do Povo já mencionado.

Veja ainda: Inscrições para o auxílio emergencial de R$ 900 estão abertas; veja quem pode receber

Acompanhe as notícias do Brasil123, clique aqui.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.