O que é uma startup unicórnio?

0

Nos últimos anos, você deve ter se deparado com algumas notícias de empresas que se tornaram unicórnios. Ler isso causa imediata estranheza, primeiro pela impossibilidade de uma empresa se tornar um animal. Segundo pelo fato de unicórnios não existirem. Pode parecer confuso, mas existe uma lógica bem simples para a definição de uma startup como unicórnio.

Na mitologia, unicórnios são animais de extrema raridade, e é isso que estas startups são, empresas de extrema raridade no mundo dos negócios. O termo nasceu em 2013, quando o fundador da Cowboy Ventures, Aillen Lee, descreveu startups unicórnio como empresas valorizadas em mais de US$1 bilhão de dólares sem que tenham aberto capital na bolsa de valores.

Para atingir este nível, é necessário atingir bons números em um conjunto de parâmetros, de forma a atrair atenção de diversos investidores que acreditam no modelo de negócio da startup. Abaixo vamos discutir um pouco sobre isso.

Principais características de uma startup unicórnio

Como uma boa startup, a inovação é um pré-requisito, deixando de ser um diferencial há algum tempo. Investidores buscam por modelos de negócio disruptivos e escaláveis, que possuam potencial de gerar alta rentabilidade para seu investimento no médio e longo prazo. Sendo assim, a capacidade de inovar de uma startup unicórnio preenche justamente com os requisitos mencionados.

Além disso, para chegar ao ponto de valer US$1 bilhão de dólares, significa que, atualmente, estas startups já lideram o nicho de mercado em que atuam, as colocando em uma posição de vantagem frente a outras empresas. Dessa forma, clientes já apontam que a startup unicórnio como uma empresa que possui solução consolidada para uma determinada dor do mercado.

Nesse sentido, estas empresas costumam apresentar soluções através do uso de tecnologia. Não necessariamente o serviço ou produto entregue é de fato uma solução tecnologicamente inovadora, mas elas fazem uso das técnicas mais complexas em termos de tecnologia para melhor entender o cliente e entregar as soluções de forma mais assertiva.

Startups brasileiras que já atingiram a marca de US$1 bilhão de dólares

Atualmente, o Brasil possui 22 startups unicórnios. Somente em 2021, foram adicionadas 10 empresas, o que mostra como o mercado brasileiro tem sido propício para a formação de empresas disruptivas. Abaixo serão citadas algumas delas.

Nubank

Certamente o Nubank é o unicórnio brasileiro de maior renome. A fintech de banco digital se popularizou por não realizar qualquer cobrança de taxas ou anuidade de seus clientes. Atualmente, atende mais de 50 milhões de pessoas, atuando em três países diferentes. Ela se tornou startup em 2018, cinco anos após sua fundação.

Quinto Andar

A startup de venda e locação de imóveis é a maior plataforma do tipo na América Latina. Ela chegou com uma proposta para os brasileiros em substituir a necessidade de uso do fiador o cheque caução na hora de fazer um aluguel, sendo necessário apenas uma análise de crédito, o que facilitou muito o aluguel de imóveis, além de ser feito tudo de forma completamente online. Se tornou unicórnio em 2018, 6 anos após sua fundação.

Loggi

A empresa de logística, que visa a entrega de pacotes e encomendas, está presente em todas as capitais brasileiras. A diferença da Loggi para empresas de logísticas tradicionais é a inserção da tecnologia para agilizar o envio dos pacotes. Foi criada em 2013, virando unicórnio em 2019.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.