O que é a ansiedade, quais os seus sintomas e como tratar

A ansiedade tem sintomas físicos fortes. Veja o que é a ansiedade, quais são os seus sintomas e se você deve procurar um médico para tratamento!

0

Primeiramente, ansiedade é uma resposta natural do corpo a eventos novos que acontecem na nossa vida. Nós sentimos ansiedade, por exemplo, quando vamos fazer uma prova importante, ou ficamos ansiosos no dia do nosso casamento! Além disso, ela pode acompanhar o medo, quando estamos andando sozinhos na rua. Esses tipos de ansiedade são normais e saudáveis.

Livros que você que tem ansiedade deve ler para compreendê-la melhor

Contudo, quando a ansiedade começa a aparecer fora de situações novas e com muita força, esse é um alerta! Significa que algo não está funcionando bem!

Se você está em casa ansioso, por exemplo, e não está esperando por nenhum acontecimento diferente, fique atento! Começar a tremer, suar e sentir-se mal, significa que sua ansiedade está fora de controle.

Além disso, algo está errado se você começa a fantasiar situações e isso te deixa nervoso, tenso e preocupado. Por mais impossíveis que essas situações sejam, você reage a elas. Nesse caso, o seu corpo responde como se essas situações estivessem acontecendo de verdade. E aí, você tem os sintomas dos transtornos de ansiedade!

Sintomas

Transtornos de ansiedade são, por exemplo Transtorno de Ansiedade Generalizada, ou a Síndrome do Pânico. Eles apresentam alguns sintomas, que mostram que essa ansiedade está fora do controle. São alguns deles:

  • Boca seca
  • Dificuldade para engolir
  • Coração disparado
  • Dor no peito
  • Formigamento nas mãos
  • Tremedeira
  • Tontura
  • Dificuldade para respirar
  • Sensação de desmaio

Na Síndrome do Pânico há, ainda, o medo de ter medo, ou seja, o medo que você tem de ter as crises de medo e de pânico novamente e esse medo gera mais ansiedade. Todos esses sintomas são comuns à pessoas que sofrem com os transtornos de ansiedade. Por isso, caso você sinta algum deles, você não está sozinho!

Quando procurar um médico

Primeiramente, se você tiver crises de ansiedade com frequência, sentindo alguns ou todos os sintomas apresentados aqui, procure um médico. Além disso, procure-o, também, se não conseguir controlar as crises quando as tiver. Ou até mesmo se sentir que está perdendo o controle de si mesmo.

Nesse caso, dê preferência à psiquiatras, porque eles são especialistas e poderão avaliar bem o seu caso. Eles receitarão remédios, se for o caso. Além disso, eles farão seu acompanhamento, mudando o tratamento se for necessário.

Muitas pessoas evitam remédios por terem algum tipo de preconceito. Contudo, uma doença mental é uma doença como qualquer outra. Se você tem dor de cabeça, toma o remédio para dor. Dessa forma, se você precisa controlar sua ansiedade, tome o remédio para acalmá-la. Faça o que for indicado pelo médico.

Florais: valem a pena? o que são eles e como funcionam

Tratamentos alternativos

Se a sua ansiedade te incomoda, mas não é tão forte, você pode testar alguns tratamentos alternativos. Você pode tentá-los antes de procurar por um médico. Eles funcionam para algumas pessoas, mas não ultrapasse os seus limites!

Além disso, existem terapias alternativas que geram bem estar e são muito reconhecidas. São algumas delas:

  • Medicina Tradicional Chinesa/Acupuntura
  • Homeopatia
  • Plantas Medicinais e Fitoterapia
  • Termalismo Social
  • Dança Circular
  • Meditação
  • Musicoterapia
  • Reiki
  • Terapia Comunitária Integrativa
  • Yoga
  • Bioenergética
  • Constelação familiar
  • Cromoterapia
  • Hipnoterapia
  • Imposição de mãos
  • Terapia de Florais

Além disso, essas terapias alternativas podem ajudar na sua melhora de qualquer forma! Mesmo que você faça tratamento com um médico. Portanto, se você puder pagar, ou alguma delas for oferecida pelo SUS próximo à sua casa, teste-as! Escolha a que você mais se identifica e experimente!

Como trabalhar de casa para conseguir uma renda extra

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.