Melioidose: Bactéria com alto poder de letalidade faz EUA entrar em alerta

País investiga três possíveis infecções da bactéria

0

Não é só o vírus da Covid-19 que vem deixando o mundo em alerta, recentemente, os Estados Unidos da América (EUA) anunciou a investigação de três casos de infecções relacionados a uma bactéria com alto poder de letalidade, a Melioidose.

A Melioidose é uma infecção típica de países tropicais, apesar dos casos se concentrarem nos EUA. A infecção é provocada pela bactéria Burkholderia pseudomallei, que pode ser encontrada em solo e água contaminados.

Apesar de grave, a Melioidose não é transmitida de pessoa para pessoa por via aérea ou por gotículas respiratórias, como acontece com a Covid-19. Sua contaminação pode acontecer por meio de abrasões da pele ou queimaduras, ingestão ou inalação do solo ou água, mas não diretamente de animais infectados ou outras pessoas.

Já a mortalidade da infecção varia conforme o caso, inclusive, pessoas com determinadas condições, entre comorbidades crônicas, por exemplo, podem ter o risco elevado ao entrar em contato com a bactéria. Além disso, a taxa de letalidade da doença fica em torno de 10 a 50%.

Casos nos EUA

Atualmente, três casos da infecção estão sendo investigados nos EUA, segundo o Centro para Controle de Prevenção de Doenças (CDC).

Com base de análise genômicas, os casos foram registrados em duas mulheres e um homem.

Ainda de acordo com o CDC, estes pacientes estão sob monitoramento dos departamentos de Saúde dos estados de Kansas, Texas e Minnesota.

Apesar da transmissão não ocorrer de pessoa para pessoa, segundo os órgãos de monitoramento, os infectados podem compartilhar uma potencial fonte comum de exposição.

Vale ressaltar, que nenhum dos infectados estiveram fora dos EUA, ou seja, não há dúvidas que a infecção ocorreu em solo americano.

Dentre esses três casos investigados nos EUA, um paciente morreu, este inclusive, possuía vários fatores de risco para melioidose, incluindo doença pulmonar obstrutiva crônica.

 

Sintomas da Melioidose

Os sintomas da Melioidose são variados e inespecíficos, portanto, seu princípio pode ser confundido com outras doenças. O diagnóstico tardio é bastante prejudicial, pois a infecção pode avançar rapidamente.

Dentre os sintomas mais comuns da condição, alerta para:

  • Tosse
  • Falta de ar
  • Fraqueza
  • Fadiga
  • Náusea
  • Vômito
  • Febre intermitente
  • Erupção cutânea no tronco, abdome e face
  • Encefalite infecciosa
  • Pneumonia
  • Formação de abscesso
  • Infecções sanguíneas

Diante dos sintomas comuns, a Melioidose pode ser confundida com outras doenças, como a tuberculose, por exemplo.

O diagnóstico da infecção geralmente é feito através de exames de coloração e cultura. Já o tratamento inclui o uso de antibióticos prolongados por via endovenosa pelo período de 2 a 8 semanas, seguido por terapia oral prolongada.

Ainda não existe vacina para a infecção, portanto, não existe nenhuma base de conhecimentos para o desenvolvimento de orientações para a prevenção, a não ser, o consumo de água potável e de origem segura.

Veja também: Síndrome de Hashimoto: Condição faz com que a defesa do organismo produza anticorpos contra a tireoide

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.