Inflação: por que ela é tão ruim para o mundo?

0

Um dos maiores problemas da economia mundial atualmente é a alta dos preços. O processo conhecido como inflação vem preocupando os economistas do mundo todo e pode, inclusive, causar uma recessão econômica. Apesar disso, o custo de vida mais alto afeta as pessoas na prática, sendo muito mais que um termo econômico.

Diante disso, vamos falar como a atual inflação começou, onde ela pode parar e como ela afeta a sua vida na prática. Vale lembrar que a economia é dinâmica e as coisas podem mudar a qualquer momento, mas as opiniões desse texto são consensos do mercado financeiro.

Como começou a inflação atual?

Para entender o atual cenário da alta dos preços, precisamos voltar ao ano de 2020. Isso porque o início da pandemia bagunçou totalmente a economia do planeta. Posteriormente, outros acontecimentos fizeram com que os preços altos ficassem. Agora, a inflação segue acima de 2 dígitos por mais de 10 meses aqui no Brasil e já é recorde em vários países do mundo.

Com a pandemia, muitos produtos pararam de ser produzidos. Contudo, a necessidade das pessoas não diminuíram no mesmo ritmo. Um exemplo disso foi o combustível: as pessoas passaram a trabalhar em casa, mas os serviços de frete e entregas continuaram. Por outro lado, a extração de petróleo e a produção de gasolina caíram. Com menos combustível nos postos, os preços sobem, algo que conhecemos como inflação.

Depois disso, a pandemia diminuiu o ritmo e, em tese, deveria recuperar a economia. Contudo, a guerra na Ucrânia fez com que a Rússia fosse proibida de vender o petróleo para o resto do mundo. Dessa forma, a gasolina seguiu em alta. Há, ainda, outros fatores que ajudaram a inflação no mundo, como o medo dos investidores, que rumaram para economias mais fortes. No Brasil, a alta do dólar foi um problema. Nos Estados Unidos, a forte impressão de dinheiro também causou alta dos preços.

inflação Estados Unidos
Foto: Reprodução

O que vai acontecer com o mundo?

Diante do cenário de inflação alta, o primeiro passo que economistas apontam para superar a alta dos preços é o aumento dos juros pelos bancos centrais. Dessa forma, o banco central dos EUA, o FED, e o Banco Central Europeu (BCE) devem começar a aumentar os juros. No Brasil, o Banco Central já fez isso e parte, agora, para um momento de estabilização das taxas de juros.

Apesar disso, o aumento de juros deve prejudicar todo mundo. Na prática, fica mais difícil de conseguir emprego, dado que empresários preferirão investir o dinheiro no mercado financeiro, em vez de tentar crescer suas empresas. Com isso, quem não tem qualificação ficará sem emprego. Por outro lado, quem tem emprego qualificado se manterá nos cargos, mesmo com as dificuldades. Dessa forma, há um aumento da desigualdade no país e no mundo todo.

Além disso, o aumento de preços faz com que o carrinho do supermercado fique cada vez mais vazio. Atualmente, podemos ver isso com o preço do leite, que subiu bastante. Dessa forma, o consumidor tem um poder de compra menor, o que leva muitas pessoas para a linha de pobreza. Por conta disso, a inflação é um dos principais problemas do mundo.

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.