Imposto de Renda: 1º lote de restituição LIBERADO; veja como consultar

Receita Federal vai pagar R$ 6,3 bilhões para 3,3 milhões de contribuintes; 1º lote de restituição é para pessoas com prioridade legal

0

A Receita Federal paga nesta terça-feira (31) o primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2022. A saber, o órgão vai pagar R$ 6,3 bilhões a mais de 3,38 milhões de contribuintes do país que aguardam ansiosamente pela data. Aliás, hoje também é o último dia para do prazo para a entrega da declaração do imposto.

Veja abaixo quem são os contribuintes que vão receber a restituição do imposto de renda nesse primeiro lote:

  • 226.934 contribuintes idosos acima de 80 anos;
  • 2.305.412 contribuintes idosos entre 60 e 79 anos;
  • 149.016 contribuintes com deficiência física ou mental ou doença grave;
  • 702.607 contribuintes com o magistério como maior fonte de renda.

Em resumo, estes contribuintes possuem prioridade legal e não seguem fila da restituição. Por isso, não importa o momento em que enviaram a declaração à Receita Federal.

Por outro lado, os demais contribuintes seguem uma fila para receber o pagamento. Nesse caso, quem enviou mais cedo a declaração à Receita Federal tende a receber a restituição mais cedo também. Isso só não acontecerá se houver alguma inconsistência no documento enviado ou se o contribuinte tiver enviado posteriormente uma declaração retificadora.

Veja abaixo o calendário de pagamento dos próximos lotes

Além deste primeiro lote de restituição, a Receita Federal já definiu a data dos outros quatro lotes. Em suma, o pagamento ocorrerá no final dos próximos quatro meses. Veja abaixo quais são as datas dos pagamentos:

  • 2º lote – 30 de junho
  • 3º lote – 29 de julho
  • 4º lote – 31 de agosto
  • 5º lote – 30 de setembro

Há uma novidade neste ano: o contribuinte poderá receber o dinheiro a restituir de imposto via Pix.

Também vale destacar que, a partir do pagamento do 2º lote, há uma previsão de reajuste de 1% nos valores devido ao aumento da taxa básica de juro da economia. A saber, a Taxa Selic já subiu dez vezes consecutivas desde março do ano passado. Com o último aumento, realizado neste mês, a taxa chegou a 12,75% ao ano, maior patamar desde 2017.

Leia Também: Nubank: saiba como aumentar o limite do seu cartão de crédito

5/5 - (3 votes)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.