Ibovespa fecha junho com queda de 11,50%. E agora?

0

O mês passado não foi fácil para quem investe em ativos de renda variável. Com o Bitcoin caindo quase 30%, os investidores também viram a bolsa brasileira operar em forte queda. Em junho, o Ibovespa caiu 11,50%, a maior queda desde março de 2020, quando o mundo viu nascer a pandemia do novo coronavírus.

Apesar disso, analistas acreditam que esse é o momento certo para comprar ações, mas alertam que é preciso respeitar o perfil de risco. Por isso, vamos falar sobre a queda do Ibovespa e o que você deve fazer com o seu dinheiro agora.

Ibovespa caiu com temores

Existe um medo generalizado do mercado financeiro em relação à economia. Isso porque especialistas já dão como certa uma recessão econômica, uma nova alta de taxa de juros do FED e do Banco Central Europeu. Além disso, os recentes novos gastos do governo com a “PEC Kamikaze” permitem que o mercado suspeite que a inflação deve continuar alta. Com isso, o Ibovespa caiu.

Isso porque esse cenário torna a renda fixa bem mais atrativa. Com recessão econômica, os fundos de investimentos buscam abrigo em economias seguras. Como essas economias estarão com taxas mais altas, isso monta o cenário perfeito para que grandes investidores se desfaçam de ativos de risco e comprem ativos mais seguros. Além disso, esses fundos saem de mercados mais arriscados, como é  Brasil, e rumam para novas economias, mais precisamente para os Estados Unidos e a Europa.

Dessa forma, o Ibovespa operou em queda de 11,50% no mês passado. Mesmo com o resultado péssimo, algumas ações se destacaram. Uma delas é a Eletrobrás, que foi privatizada e alvo de grandes aportes dos Fundos Mútuos de Privatização, que investiram os valores do FGTS na empresa. Por outro lado, a antiga queridinha do mercado, a Magazine Luiza, despencou mais de 40% em apenas trinta dias.

Ibovespa cai nesta quinta (10)
(Imagem: Pixabay).

É hora de investir, mas com cuidado!

Mesmo com a forte queda do Ibovespa, especialistas dizem que é a hora de investir na bolsa de valores. Isso porque o mercado tornou muitas ações bastante baratas, o que sugere que a possibilidade de lucros para o futuro sejam ainda maiores. Contudo, é preciso respeitar o seu perfil de risco e, claro, investir valores baixos.

Isso porque o momento ainda é de incerteza e nada impede que o Ibovespa caia ainda mais. Por isso, uma dica interessante é que você escolha ações de empresas consolidadas no mercado, como bancos, saneamento básico e energia elétrica. Além disso, você também pode colocar um pouco mais de risco nos seus investimentos com ações de crescimento. Mas vale lembrar que ações só são recomendadas para quem ter um perfil moderado ou arrojado de investimentos.

Ainda, vale lembrar que investir na bolsa de valores não impede que você invista em renda fixa. Por isso, evite comprar apenas as ações do Ibovespa e tenha sempre alguns ativos de renda fixa para gerar retornos seguros à sua carteira.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.