Gás Natural Veicular (GNV) é realmente econômico?

1

O potencial do gás natural para abastecer o carro não passou despercebido pelos brasileiros em 2021. Entre manutenção, seguro e impostos, os motoristas gastam cada vez mais com carros.  Além disso, com a pandemia, os preços dos combustíveis subiram devido à valorização do dólar americano e o crescimento da inflação no país. Para se ter uma ideia, somente neste ano, o aumento acumulado da gasolina chegou a 39%.

Para aliviar o bolso, os motoristas estão sempre procurando maneiras de reduzir o custo de utilização de seus veículos. Entre uma das opções, a instalação do kit de veículo a gás natural (GNV) foi a que mais se popularizou. No entanto, colocar mais veículos a gás natural nas estradas é uma coisa boa? Vejamos a seguir. 

Sobre o GNV

Um veículo a gás natural é um combustível gasoso e suas propriedades químicas permitem que ele substitua os combustíveis tradicionais, como diesel, gasolina e etanol. Mais de 60 países adotaram o GNV como combustível, originado na Itália na década de 1930.

Nesse sentido, quando queimado, esse combustível pode ser considerado um dos combustíveis com menor risco ambiental. A razão é que, na verdade, ele não emite monóxido de carbono. Sua composição também não contém enxofre, o que pode prevenir a formação de chuva ácida. Portanto, em termos de quantidade, o GNV reduz as emissões de monóxido de carbono em 76%. Em termos de óxidos de nitrogênio, há uma redução de 84% e os hidrocarbonetos pesados são reduzidos em 88%. Além disso, o GNV elimina a emissão de benzeno para a atmosfera, bem como de outros gases cancerígenos.

Custo de instalação 

O kit GNV deixa os veículos mais flexíveis em termos de abastecimento. O kit inclui diversos itens, entre eles cilindros de gás, que devem ser certificados para comprovar sua qualidade. A certificação desses cilindros garante a segurança no uso do gás natural comprimido.

Portanto, a instalação não é algo que possamos considerar barato. O custo varia entre R$ 4000 e R$ 5000. Embora seja caro, a instalação pode ser revertida em pouco tempo devido à economia associada ao uso, variando conforme o uso do veículo pelo motorista. Em contrapartida, o GNV garante maior autonomia aos veículos do que os movidos a gasolina e álcool. Segundo a Abegás, a economia do GNV pode ser aumentada de 50% a 56%. Desta forma, uma pessoa que dirige cerca de 100 quilômetros por dia podem obter o retorno do investimento do kit GNV em 6 meses.

Desafios para o GNV

Embora o GNV seja ideal para frotas onde o reabastecimento é feito em um local central, existem sérios desafios na divulgação dos GNVs ao público em geral, devido ao enorme gasto para criar uma infraestrutura de abastecimento em todo o país. Essa infraestrutura de abastecimento pode se tornar obsoleta assim que surgirem tecnologias mais limpas.

Portanto, do ponto de vista financeiro, a instalação de kits de GNV é benéfica para quase todos os que possuem um veículo. Como dissemos antes, para não valerem a pena, o custo dos veículos a gás natural precisa ser cerca de duas vezes maior que o da gasolina. Esta é uma realidade que dificilmente observaremos.

Em suma, devido ao aumento dos preços dos combustíveis, na ausência de projeções estáveis ​​ou decrescentes, a instalação de kits de GNV é uma opção para reduzir as despesas diárias. Embora a instalação inicial seja alta, ela definitivamente restaurará seu valor em um curto espaço de tempo.

5/5 - (2 votes)

Sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Raphael Diz

    O custo é alto para a aquisição do kit, mas pensem bem porque o gnv tá subindo todos os dias porque a demanda pelo combustível está aumentando! Os espertoes não perdoam então pensem bem antes de instalar um kit!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.