Federal Reserve deve acelerar os juros em maio, aponta ata

Expectativa é que os juros avancem 0,5 ponto percentual na próxima reunião do Federal Reserve; revenda de títulos deve começar

0

Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, divulgou na quarta-feira (6) a ata da sua última reunião, ocorrida em 15 e 16 de março. A saber, as autoridades que participaram do encontro sinalizaram que os juros no país deverão crescer ainda mais expressivamente na próxima reunião.

Os integrantes do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) esperam elevar em 0,5 ponto percentual (p.p.) os juros no país em maio. No mês que vem, ocorrerá uma nova reunião do banco. Aliás, no mês passado, o Federal Reserve elevou os juros em 0,25 p.p., primeira alta desde 2018.

Além disso, os participantes da reunião afirmaram que o programa de recompra de títulos dará lugar a um programa de revenda de papéis. Em suma, a recompra de títulos, encerrada em março, injetou US$ 9 trilhões no mercado norte-americano. Agora, o dinheiro deverá voltar aos cofres do Tesouro dos EUA.

“Nas suas discussões, todos os participantes concordaram que a inflação elevada e as condições apertadas do mercado de trabalho justificavam o começo da redução do balanço em uma reunião futura com um ritmo mais rápido de redução das posições do que no período entre 2017 e 2019″, diz a ata.

Veja mais detalhes da revenda de títulos

De acordo com a ata, “os participantes em geral concordaram que limites de cerca de US$ 60 bilhões para a redução de Treasuries e de US$ 35 bilhões para os títulos hipotecários provavelmente seriam apropriados”. Isso deverá acontecer de maneira gradual ao longo dos próximos meses.

Por falar nisso, o documento revelou que o Federal Reserve deverá iniciar os ajustes nos níveis de reinvestimento dos principais títulos. Na verdade, isso acontecerá após o vencimento de títulos que compõem o balanço do Fed.

Em outras palavras, os participantes da reunião concordaram que essa redução do balanço dos títulos hipotecários só será acelerada “depois que a redução do balanço já estiver bem encaminhada”.

Leia Também: Renda média dos brasileiros cai para menor nível em 10 anos

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.