Espanha registra a temperatura mais fria de todos os tempos

2

A Espanha registrou a temperatura mais baixa da história nesta quinta-feira (7). Pela primeira vez, os termômetros marcaram -35,8°C. O recorde foi registrado na estação meteorológica de Vega de Liordes, localizada a 1.874 metros de altitude na província de León, no noroeste do país.

Pelo segundo dia consecutivo, o sul da Andaluzia, as Ilhas Canárias e a cidade de Ceuta, no enclave do norte da África, sofreram chuvas fortes, ventos fortes e mar agitado. Enquanto isso, as regiões centrais da Espanha continental se preparavam para serem cobertas de neve.

O território espanhol está sendo atingido pela tempestade Filomena. A agência meteorológica do país alerta para “fortes nevascas” até mesmo em altitudes de apenas 200 metros. A capital Madri, o nordeste e as áreas montanhosas do sudeste podem acumular até 50 centímetros de neve nos próximos dias.

As temperaturas congelantes registradas em Léon não são nem um pouco as mais baixas observadas na Europa. Em 31 de dezembro de 1978, os termômetros marcaram -58,1 °C em Ust ‘Schugor, na Rússia.

Recordes congelantes além da Espanha

Ainda na Europa, França e Suíça também registraram temperaturas mais frias no passado. Os respectivos recordes são -36,7 °C e -41,8 °C. No Reino Unido, o ponto mais baixo atingido é -27,2 °C, em duas ocasiões distintas e em ambas as estações meteorológicas escocesas.

A temperatura mais baixa registrada no Hemisfério Norte foi -69,3 °C, registrada na Groenlândia em 22 de dezembro de 1991, de acordo com a Organização Meteorológica Mundial. Isso é quase 20 °C mais quente do que o recorde global, estabelecido em julho de 1983 na estação meteorológica de alta altitude Vostok, na Antártica.

Leia também:

Leia Também:

2 Comentários
  1. […] Espanha registra a temperatura mais fria de todos os tempos […]

  2. […] poucos, a Espanha se recupera da pior tempestade de neve do país nos últimos tempos, que causou vários prejuízos. Equipes de emergência no centro do país limparam 500 estradas e […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.