Dívida média de negativados no país supera R$ 4 mil, aponta Serasa

Brasileiros com 'nome sujo' podem aproveitar descontos de até 99% e pagamentos em até 12 vezes das dívidas atrasadas

0

A Serasa Experian revelou que o valor médio das dívidas atrasadas dos brasileiros superou os R$ 4 mil em março deste ano. O valor ficou praticamente estável em relação aos dados de fevereiro, mas subiu 3% na comparação com abril de 2020, pico da inadimplência durante a pandemia da Covid-19.

Isso quer dizer que os brasileiros estão ainda mais endividados em 2022 do que estavam no início da crise sanitária. Em resumo, a economia brasileira sofreu nos últimos dois anos devido à pandemia, que afetou diversos setores e segmentos econômicos.

Além disso, a crise sanitária provocou a perda de milhões de empregos no país. No cenário global, as cadeias de abastecimento seguem prejudicadas até hoje, e isso elevou a inflação em inúmeros países, incluindo o Brasil.

Em meio a todo esse caos, a Rússia invadiu a Ucrânia há dois meses e agravou o quadro internacional. Há um desequilíbrio de oferta, os mercados estão desestabilizados e os preços de bens e serviços estão cada vez mais caros. Tudo isso dificulta a vida do brasileiro, que vem se endividando ainda mais, pois seu poder de compra recuou nos últimos tempos.

Vale destacar que março é o segundo mês consecutivo em que o número de inadimplentes no país supera os 65 milhões. A saber, esta marca só havia sido ultrapassada em abril e março de 2020. Atualmente, há 65,69 milhões de pessoas com dívidas em atraso no país, alta de 0,81% em relação a fevereiro.

A Serasa ainda revelou que a soma das dívidas dos negativados do Brasil chegou a R$ 265,8 bilhões no mês passado. Em suma, esse valor corresponde a um aumento de R$ 7,5 bilhões na comparação com o pico da pandemia. O montante também superou em 0,91% a soma das dívidas em fevereiro deste ano.

Serasa oferece negociação de dívidas

Para ajudar os negativados do país, a Serasa oferece condições bastante positivas para a negociação de dívidas. Com mais de 100 empresas parceiras, a ação Serasa Limpa Nome oferece negociações de dívidas em até 12 vezes, com descontos de até 99%.

Algumas das empresas participantes são: Claro, Oi, Tim, Vivo, Riachuelo, Santander, Itaú, Banco do Brasil, Bradesco, Crefisa, Renner, Casas Bahia, Carrefour, Magalu, O Boticário, Natura, Hipercard, Havan e Unimed.

Para negociar as dívidas e limpar o nome, o negativado só precisa acessar o site da empresa ou fazer consultas pelo app Serasa no Google Play e na Apple Store. Para isso, basta digitar o CPF e realizar um cadastro rápido.

Nestes ambientes virtuais, o interessado conhecerá as condições de pagamento e as opções de renegociação de dívidas. Por fim, o negativado também poderá escolher a data de pagamento, bem como a quantidade de parcelas, que podem ser pagas de maneira online ou presencial.

Leia Também: Redução dos preços no atacado deve impulsionar vendas no varejo

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.